A pandemia de COVID-19 veio alterar a forma como se trabalha em equipa e, mesmo depois da entrada no período de desconfinamento, são muitas empresas que ainda adotam estratégias de teletrabalho. Se organizar um projeto entre os diferentes membros já era complicado anteriormente, a distância não tornou o processo certamente mais fácil.

A Quip quer dar uma ajuda às equipas que se perdem entre cadeias de emails de feedback e de documentos que estão sempre a mudar de título para uma variante de “versão final”. A aplicação combina características de plataformas como o Google Docs e o Slack, permitindo criar “documentos vivos” e facilitando a colaboração.

À medida que uma equipa cria um documento acerca de um futuro projeto os membros podem dar feedback uns aos outros e discutir possíveis alterações ou aspetos a ter em consideração num chat dentro da app. Para não perderem o “fio à meada”, podem ainda apontar todos os pontos importantes numa lista de afazeres.

A aplicação disponibiliza vários “moldes” para documentos, sejam eles somente de texto corrido, apresentações ou tabelas e gráficos. É também possível importar ficheiros de serviços de armazenamento como a Dropbox, a Google Drive e a Box, assim como de plataformas como a Google Docs e aplicações como a Evernote. Todo o conteúdo produzido pode depois ser exportado para o Office da Microsoft ou para PDF.

A Quip tem uma versão grátis disponível para Android, na Play Store, e para iOS, na App Store. A aplicação apresenta também versões pagas para pequenos e grandes negócios, com preços que começam nos 10 dólares mensais.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.