A GOGENIUS é uma aplicação mobile destinada à aprendizagem assistida de Português Europeu, desenvolvida por Sandra Figueiredo, professora associada do Departamento de Psicologia da Universidade Autónoma de Lisboa (CIP-UAL), com o apoio da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT).

Tem como público-alvo, principalmente, imigrantes recém-chegados a Portugal, podendo também ser usada por alunos do 1º ciclo e por emigrantes portugueses que não querem perder o contacto com a língua mãe, além de todos os estrangeiros interessados em aprender facilmente Português Europeu.

A nova aplicação apresenta diversos motores de navegação que pretendem tornar mais eficaz o processo de aprendizagem, adotando igualmente um sistema de exercícios interativo, incorporando diferentes tópicos.

Para Sandra Figueiredo, sua criadora, diferencia-se por ser completa em termos pedagógicos, por ter um background de testagem científica e, sobretudo, porque versa o Português Europeu, em contraste com o Português do Brasil, normalmente visado nas restantes apps do género existentes no mercado.

O método usado assenta na apresentação diversos jogos e desafios didáticos para que os utilizadores possam avançar na aprendizagem. Os exercícios de leitura, de escrita e de fonética são totalmente auxiliados por tutoriais disponíveis em 10 línguas distintas.

“Creio absolutamente que se ouvirmos informações, durante a aprendizagem, na nossa língua materna, o contacto com a língua alvo - neste caso o Português - é muito mais imediato e facilitador”, afirmou Sandra Figueiredo em declarações ao SAPO TEK. “Na aprendizagem de língua, a empatia é crucial e a GOGENIUS tem esse ingrediente”.

Todos os jogos e desafios são apresentados de forma bilingue, após a seleção da língua a partir do Menu. Os utilizadores terão acesso imediato às classificações obtidas em cada jogo, para que possam acompanhar a evolução dos seus níveis de competência, e um acompanhamento personalizado, de forma a otimizarem o seu conhecimento.

Ao todo, são 14 jogos que vão desde a leitura, à escrita ou à compreensão oral. Aspetos do dia-a-dia como “o que comer” ou o “o que vestir” também fazem parte dos conteúdos da aplicação.

"Remar a caravela" (mobile) do ensino do Português Europeu

A ideia de criar a GOGENIUS remonta a 2016, inspirada em alguns dos conteúdos de um CD-ROM desenvolvido previamente com a UAveiro e com a FCT, “mas com outra dinâmica e outro público”. Depois de alguma pesquisa de mercado “e de muita resiliência ao 'não' inicial para financiamentos externos”, Sandra Figueiredo diz ter aprendido que é da persistência, do caráter e da paciência (de uns cinco anos) que se chega ‘a bom porto’”.

No final, a aplicação demorou seis meses a ser desenvolvida, “mas seria muitíssimo mais se não tivesse uma equipa fantástica de programação como a DICA Systems” e o apoio da FCT e da UAL, sublinhou a criadora, que diz estar “exausta, mas feliz” por estar agora a arrancar “num voo de longo curso”, depois de ter ficado tudo a funcionar em tão pouco tempo.

O passo seguinte será superar uma dificuldade comum ao extenso universo mobile: que a app chegue ao conhecimento do público e alcance “meio mundo de utilizadores, digamos assim”.

A GOGENIUS está disponível para dispositivos Android a partir da Play Store e para PC, recorrendo ao uso de emuladores de Android, com um custo único associado de 4,89€.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.