A Qualcomm apresentou um novo set de processadores móveis. A empresa diz que estes chips trazem, para as gamas médias, funcionalidades que normalmente associamos aos flagships, como é o caso do processamento para inteligência artificial e das configurações para gaming. Snapdragon 730, 730G e 665 são os nomes destas novas versões, que deverão começar a equipar smartphones de gama média já a partir da segunda metade do ano.

É importante sublinhar que, com este anúncio, a Qualcomm está a apostar substancialmente no sector do gaming. A empresa vai lançar o 730G, que foi especificamente desenhado para melhorar a experiência móvel dos jogos, pelo que conta com um GPU Adreno 618 melhorado e que é 15% mais rápido do que o GPU que encontramos na versão standard do Snapdragon 730. Para além disso, a tecnológica promete "gaming em HDR puro" e uma tecnologia de gestão de latência para quando o utilizador estiver a jogar online. Por último, o chip suporta ainda um conjunto de extensões anti-batota e a Qualcomm sublinha que este foi especificamente melhorado para fazer com que equipamentos de gama média funcionem em pleno com jogos mais pesados.

Para equipamentos que não tenham um foco específico no gaming, a empresa apresentou o 730. O modelo é capaz de correr processos de IA com o dobro da velocidade da versão antecessora (Snapdragon 710) e exige menos energia para concretizar tarefas menos exigentes, como é o caso do reconhecimento de objetos através da câmara. No domínio da fotografia, a empresa diz que o chip está pronto para suportar tecnologias de efeitos visuais para vídeo.

CES 2019: Chipsets da Qualcomm vão garantir mais de 30 smartphones 5G em 2019
CES 2019: Chipsets da Qualcomm vão garantir mais de 30 smartphones 5G em 2019
Ver artigo

Outra das características em destaque é a integração de um novo codec de áudio que possibilita o reconhecimento de vozes. Isto faz com que seja mais fácil falar com o smartphone em ambientes ruidosos e deverá melhorar a qualidade das chamadas, uma vez que o som ficará mais claro graças ao isolamento da nossa voz em contraste com o cenário auditivo de fundo. Em termos de processamento puro, a Qualcomm indica que houve um salto de 35% na velocidade.

O que ainda não existe nestes chips é suporte para conexões LTE. O 730G é capaz de atingir velocidades de 2Gbps, mas o 730 chega apenas aos 800Mbps.

Para além destes dois modelos, a Qualcomm apresentou ainda o 665. O chip vai servir para equipar smartphones de uma gama abaixo dos outros dois. O processador também traz uma unidade de processamento para IA e suporte para até três câmaras traseiras, o que abre as possibilidades às fabricantes de telemóveis, mas as velocidades de ligação à internet não deverão, neste caso, ultrapassar os 600 Mbps. A unidade gráfica deste processador também não é tão rápida quanto a da linha 730.

Tal como referimos acima, estes processadores deverão começar a chegar ao mercado em julho.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.