A fragmentação sempre foi um problema do mundo Android e é por vezes a única razão que leva os utilizadores a abandonar uma determinada marca, apesar de terem um equipamento com especificações capazes de receber as versões mais recentes do sistema operativo. O relatório publicado esta terça-feira pela Google mostra que o Lollipop, a versão mais recente, está atualmente presente em apenas 1,6% dos dispositivos.

Esta é a primeira vez que a versão 5.0, anunciada em outubro do ano passado, entra no relatório da Google, que analisou as versões do sistema operativo através das visitas à Play Store nos últimos sete dias.

Com 44,5%, a versão 4.1 Jelly Bean - e todas as suas variantes - continua a ser a dominante no mercado, seguida pela 4.4 KitKat, presente em 39.7% dos equipamentos analisados. Tanto o Android Ice Cream Sandwich como o Gingerbread, ambos lançados há mais de três anos, desceram a sua quota mas ainda reúnem um total de 13,8%.

Embora os equipamentos da linha Nexus, da própria Google, alguns smartphones da HTC, da Motorola e de outras marcas tenham sido atualizados para a versão 5.0 do Android rapidamente, pelo menos em alguns países, o upgrade tem demorado a chegar a outros dispositivos com uma representatividade importante no mercado, o que também ajudará a explicar os números.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.