Está confirmado: a partir do dia 27 de setembro, os smartphones Android mais antigos vão deixar de aceder aos serviços da Google. Tratam-se dos equipamentos com a versão Android Gingerbread (Android 2.3.7) lançados em dezembro de 2010. “Como parte dos esforços de aumentar a segurança dos utilizadores, a Google não vai permitir que os equipamentos com Android 2.3.7, ou inferiores, façam a autenticação”, salienta a gigante tecnológica no seu blog.

Explica ainda que se os utilizadores tentarem ligar-se no seu smartphone antigo depois do dia 27 de dezembro, vão receber erros do nome de utilizador ou palavra-passe quando tentam autenticar-se nos serviços de Gmail, Maps ou YouTube, por exemplo.

Estas são as 9 apps que deve remover já do seu smartphone ou tablet Android
Estas são as 9 apps que deve remover já do seu smartphone ou tablet Android
Ver artigo

A Google alerta os utilizadores para verificarem se os seus smartphones antigos podem ser atualizados para uma versão mais recente de Android, como por exemplo, a versão 3.0 ou superior. Caso seja possível será aconselhado a fazer assim que possível, para manter o acesso às apps da Google Services.

Além dos erros de autenticação no equipamento, também o acesso ao email e calendário serão bloqueados. Obterá também mensagens de erro quando tenta fazer uma limpeza de fábrica ao equipamento e depois tenta registar-se; quando muda de palavra-passe, tanto no smartphone como em outro equipamento e depois tenta autenticar-se; retirar a conta do equipamento e voltar a adicioná-la; criar uma nova conta no smartphone com a versão antiga do Android.

De anotar que os erros se devem à tentativa de autenticar-se nos equipamentos antigos. A conta está intata e pode ser acedida em qualquer dispositivo com Android superior a 3.0.

A Google deixa ainda a dica aos utilizadores que vão manter a utilização dos smartphones antigos sem atualização 3.0: podem tentar autenticar-se via browser, pois algumas das apps podem ser acedidas desta forma, como por exemplo, o Gmail.

O “velhinho” Android Jelly Bean deixa de ter suporte aos Google Play Services no final de agosto
O “velhinho” Android Jelly Bean deixa de ter suporte aos Google Play Services no final de agosto
Ver artigo

Apesar de poder autenticar-se e manter a utilização de smartphones com versões de Android 3.0, a Google também já tinha anunciado que a partir deste mês de agosto o Android Jelly Bean, que inclui as versões 4.1 até a 4.3 do sistema operativo, vai deixar de ter suporte aos Google Play Services. A Google afirma que esta versão está apenas ativo em menos de 1% dos equipamentos disponíveis. A decisão significa que os equipamentos com esta versão do Android vão continuar a poder correr aplicações compatíveis, mas sem acesso às mais recentes funcionalidades.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.