A edição de fotos e vídeos teve esta semana uma atenção especial da equipa do TeK, que escolheu várias aplicações para facilitar o processo. Mas o vídeo domina também numa aplicação que quer substituir as mensagens SMS, a POP.

Mais radical é a proposta para espiar os smartphones dos filhos através de uma aplicação. Esta gerou bastante interesse e comentários ao longo da semana e se ler o artigo vai perceber porquê.
br>
Siga as próximas páginas para descobrir todas as propostas de apps desta semana e encontrar as que melhor encaixam no seu perfil para renovar o seu smartphone ou tablet.

No Windows Phone a personalização só tem um nome: #TileArt

A Microsoft tem um sentido muito restrito de personalização no sistema operativo móvel, mas esta é a aplicação que pode libertar alguns destes constrangimentos. Tudo depende da sua imaginação.

A aplicação #TileArt corre o sério risco de tornar-se num software obrigatório para todos os que têm um Windows Phone. Isto porque a aplicação acrescenta um toque de personalização ao sistema operativo que o utilizador teria dificuldade de atingir através de outros métodos.

Este são apenas alguns exemplos de como podem ficar os Windows Phone:

Além de dar o poder criativo aos utilizadores, a aplicação tem a vantagem de permitir partilhar o trabalho com pessoas de todo o mundo. Quer isto dizer que o seu ecrã de trabalho do smartphone pode ser apelativo o suficiente para ser usado nos EUA, no Brasil ou em Inglaterra.

Se ter um telemóvel diferente e ver o seu trabalho usado por milhares de pessoas não for tentador o suficiente, então saiba que a #TileArt está disponível de forma gratuita.



Descubra a próxima aplicação

Já espiou o telemóvel dos seus filhos hoje?

E se pudesse ver todas as mensagens dos telemóveis dos seus filhos, mesmo as apagadas, saber a sua localização e ver as chamadas e atividade nas redes sociais? Sim, há uma app para isso.

Na verdade há várias, e o TeenSafe é apenas uma das mais conhecidas aplicações, ou serviços, que promete monitorizar de forma eficiente os smartphones iOS e Android. Por um "pequeno" pagamento mensal.

Mensagens no iMessage ou no Whatsapp, chamadas, localização, posts nas redes sociais e pesquisas e navegação passam a ser tão acessíveis para os pais como para os filhos. Mesmo que tenham sido apagadas. E tudo de forma discreta.

Para os criadores do TeenSafe a perspetiva do software que disponibilizam é de proteção dos mais novos, mas há o reverso da medalha e há quem possa considerar, sem estranheza, que se trata de vigilância e intrusão da privacidade. Mesmo em menores de 18 anos.

O serviço tem sido bastante contestado mas continua a fazer o seu caminho nos países onde está disponível - Estados Unidos, México, Canadá, Austrália e Nova Zelândia.

Os criadores do site apresentam o lado positivo e dão alguns conselhos sobre como conversar com os mais novos. E para quem ainda tem dúvidas, explicam os perigos que correm se não exercerem o poder de vigilância num vídeo.

Mesmo assim, considerando todas as vantagens de proteção, onde está a linha que separa o abuso de vigilância do cuidado parental?



Descubra a próxima aplicação

Leve a edição de imagem ao extremo no iPhone

Se é um perfecionista com as imagens recolhidas através do telemóvel é possível que vá experimentando as novidades das lojas de aplicações nesta área. Já conhece a Darkroom?

A aplicação tem um leque variado de opções que permitem fazer ajustes às imagens aos mais diversos níveis, numa interacção simples e que se faz apenas deslizando o dedo para cima ou para baixo.



Para quem tem um nível de exigência normal a versão gratuita satisfaz, para quem gosta de levar os detalhes ao extremo há opções pagas que adicionam mais ferramentas ao pacote básico. Entre elas: edição de curvas ou acesso total aos canais RGB.



Além das ferramentas de edição de imagem estão disponíveis filtros personalizados - que se juntam a 12 filtros pré-definidos - e um histórico de todos os passos dados na edição de imagens. Está acessível para download na loja de aplicações da Apple.



Descubra a próxima aplicação

Pop aposta que consegue reanimar o interesse pelas mensagens de vídeo

Os SMS já são passado. Pelo menos é o que pensam os criadores de uma nova aplicação que aposta nas mensagens de vídeo.




A Pop acaba de ser lançada para iPhone e iPad e permite gravar e enviar pequenas mensagens de vídeo que substituem as tradicionais (e mais chatas) mensagens de texto (SMS).



A app foi criada por Josh Nguyen, que já foi gestor de produto no Tumblr e no Flickr, e quer que as mensagens de vídeo sejam tão fáceis e enviar como os SMS, apostando num único interface que se liga à lista de contactos.



Basta um toque para gravar e enviar a mensagem, um modelo que os criadores da aplicação acreditam que será cada vez mais comum à medida que os utilizadores de smartphones têm à sua disposição planos de dados mais generosos e redes wi-fi que retiram o ónus do custo adicional de comunicações.



A app Pop está disponível de forma gratuita na loja de aplicações da Apple.

O vídeo que reproduzimos mostra algumas das funcionalidades e possíveis modos de utilização.



Descubra a próxima aplicação

Transforme o iPad numa mesa de desenho profissional

Se é um designer gráfico que passa horas em frente a um Mac, a Astropad é uma boa notícia. A aplicação leva as ferramentas profissionais instaladas no computador ao ecrã do tablet. Se for um iPad claro.

A aplicação foi desenhada por dois engenheiros que já trabalharam para a empresa da maçã e que destacam a qualidade de imagem do ecrã retina do iPad e a mobilidade, como duas das grandes mais-valias desta ligação entre ecrãs.



A Astropad replica o ecrã do Mac no iPad e para funcionar tem de estar a funcionar nos dois dispositivos em simultâneo. A ligação entre os dois equipamentos pode ser feita via USB ou Wi-Fi.



A aplicação foi pensada para ajudar quem desenha, faz ilustrações ou edição de fotografia. Na versão para iOS a aplicação pode ser descarregada gratuitamente. Mas há uma nuance, o software só será útil se também o instalar no Mac e nessa vertente há um custo associado de 49,99 dólares, um preço que tem desconto para estudantes.



Descubra a próxima aplicação

VivaVideo: dê uma nova vida aos conteúdos que vai captando com o smartphone




Se para si o telemóvel é uma ferramenta criativa, então experimente a aplicação VivaVideo. No mesmo programa estão concentradas todas as condições para a edição de fotografias e vídeos.




Além de ser possível aplicar filtros às fotografias e vídeos, é também possível acrescentar elementos extra como autocolantes. O resultado final só dependerá da sua originalidade e da "forma" que quer dar à produção.

A aplicação é gratuita e está disponível para equipamentos Android e iOS. Com mais de dez milhões de downloads, a aplicação VivaVideo é a primeira opção de milhares de utilizadores para editar os conteúdos.

Apesar de ser possível fazer vídeos a partir de fotografias e de editar outros que já tenham sido captados, a aplicação ainda não permite a gravação direta de conteúdos, o que pode ser considerado como uma falha.

Como a aplicação é gratuita os utilizadores podem experimentar sem compromisso e descobrir as várias ferramentas de edição que a VivaVideo tem disponíveis.


Por aqui terminam as sugestões desta semana, mas amanhã há mais. Já decidiu qual ou quais vai instalar?


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.