No TeK ainda não entrámos em "modo de férias", mas estamos solidários com quem já goza o seu descanso e também com os que já estão em contagem decrescente para voltar ao trabalho amanhã. Por isso entre as propostas desta semana há jogos para relaxar, ou para deixar os nervos em franja, conforme as preferências.

O regresso do Flappy Birds, o Sharknado e o Poptile fazem parte da lista, mas há também uma sugestão para ver os vídeos do YouTube na TV, e uma app para organizar melhor a sua experiência no Android com Google Now Launcher. E não deixe de espreitar uma app que promete deixar mensagens em locais específicos para os seus amigos.

Veja todas as propostas da equipa do TeK nas próximas páginas e boas instalações!

Poptile: Um puzzle no momento certo para aliviar o stress do Verão

Acaba de regressar de férias? Ou os merecidos dias de descanso nunca mais chegam? Então está na hora de relaxar com um puzzle mesmo no compasso certo para as noites quentes de Verão.









A proposta que hoje lhe deixamos é o Poptile, um jogo casual, ao género de puzzle, que o desafia a empilhar peças de várias cores sem nunca atingir o teto. Até aqui nada de novo e na verdade não é de esperar grande inovação, mas uma boa dose de vício que se pode tornar salutar para preencher alguns momentos de descanso.



Quem se lembra do velhinho Tetris sabe bem quão viciantes se tornam estes jogos que parecem demasiado fáceis mas que exigem alguma estratégia. E que nos podem manter agarrados ao ecrã durante alguns minutos, ou algumas horas, dependendo de quão teimoso se mostra o utilizador...



O Poptile está disponível gratuitamente para iPhone e iPad na loja da Apple.

Descubra a próxima aplicação

Flappy Birds de regresso e com modo para dois jogadores

Dong Nguyen cumpriu a promessa e Flappy Bird está de regresso. O campeão de downloads traz novidades, entre elas um modo de jogo para duas pessoas.


O seu criador, que estaria longe de imaginar o sucesso - e os nervos - que o título viria a gerar, tinha avançado que agosto seria o mês do retorno, em entrevista à CNBC há dois meses atrás.

O Flappy Bird foi lançado ainda em 2013, mas só no início deste ano deu nas vistas e ascendeu ao top de downloads das principais lojas de aplicações.

Pressionado pelo sucesso do jogo e pela onda de críticas à jogabilidade do título, o programador decidiu retirar a app das lojas e acabar com a receita diária de 50 mil dólares que estava a conseguir angariar em publicidade.

Além do modo de jogo para duas pessoas, o "novo" Flappy Bird traz também "mais obstáculos, mais diversão" e continua "muito difícil", refere a descrição que o acompanha.

Descubra a próxima aplicação

Sharknado e outros títulos de tubarões para jogar no smartphone

O filme Sharknado 2 tem um jogo para dispositivos móveis que ficou disponível com a estreia da sequela, mas apenas para iOS. Quem usa plataformas diferentes e quiser "brincar" na mesma aos tubarões tem outras alternativas.


Sharknado: The Video Game transporta-nos para as ruas de Nova Iorque onde faremos de Fin Shepard, o protagonista, armado com uma espada - ou com uma motosserra - para combater os sucessivos tornados de tubarões que assolam a cidade.

Além de enfrentar a dentadura afiada dos maus da fita, pelo caminho o jogador terá igualmente de recolher itens e desviar-se de diferentes obstáculos.

Tal como mencionado, o jogo só está disponível a partir da iTunes Store, com um custo de 0,99 dólares.

Mas quem usa plataformas Android e Windows também tem alternativas para "brincar aos tubarões". O Hungry Shark Evolution é uma opção.

Aqui os jogadores são o próprio predador, mais precisamente um tubarão branco que vai crescer até às 10 toneladas, alimentando-se de criaturas marinhas e de mergulhadores e pescadores, mas que também tem de enfrentar tubarões inimigos e estranhos seres das profundezas do mar.

Disponível para dispositivos Android e iOS, a "custo zero".

Na mesma com tubarões como protagonistas, mas menos "violento", o Jump the shark 2 também é uma hipótese para utilizadores com smartphones ou tablets que têm a plataforma móvel da Google.

Aqui há duas hipóteses: a versão Lite, gratuita, mas limitada (e cheia de "publicidade") e a versão completa, que custa 1,20 euros.

Quem tenha dispositivos com Windows pode jogar com os tubarões em Shark Dash. Desta feita, um grupo de tubarões vive alegremente numa banheira até ver o seu pequeno espaço invadido por patos de borracha mal-intencionados.

Ao género Wheres´s my Water, o objetivo é criar jogadas, neste caso em que o tubarão consiga livrar-se dos patos idiotas.

O Shark Dash é pago, estando disponível para Android e iOS, além de Windows Phone.

Descubra a próxima aplicação

Ver todos os vídeos do YouTube na televisor lá de casa
A NOS disponibiliza para todos os clientes Iris uma nova aplicação para televisão que permite aceder aos vídeos do YouTube, aquele que é um dos serviços mais populares em todo o mundo.

[caption]Player YouTube NOS[/caption]

Se não está no YouTube é porque não aconteceu. Esta frase ainda não é ditado, mas pelo desenrolar dos acontecimentos não seria de estranhar que dentro de algumas décadas venha a ser considerada como uma “velha máxima”.

O portal de vídeos mais concorrido da Internet está agora disponível para os clientes NOS que subscrevem os pacotes Iris. Através da aplicação Player YouTube os utilizadores podem aceder a todo o catálogo de vídeos que o serviço da Google disponibiliza.

Já ouviu falar do novo vídeo viral, mas ainda não teve tempo para o ver? Começou a ver o novo videoclipe de um cantor conhecido, mas preferiu guardar para mais tarde? Está para ir ao cinema e ainda não viu nenhum trailer dos filmes em exibição? O YouTube é sempre uma mais valia a nível de conteúdos.

Para os que já subscrevem canais na plataforma online, pôr os conteúdos em dia no televisor é mais atraente do que em ecrãs de pequenas dimensões.

Descubra a próxima aplicação

Figuras públicas portuguesas já podem aceder a aplicação exclusiva do Facebook

Depois de ter lançado a aplicação Mentions apenas nos EUA, o Facebook alarga agora o novo software móvel para famosos e pessoas de interesse público de mais 40 países.

A aplicação do Facebook dedicada a figuras públicas está desde hoje, 7 de agosto, disponível em Portugal e em mais 39 países. O anúncio foi comunicado pela rede social que aposta num novo software móvel para estabelecer relações mais segmentadas entre “famosos” e seguidores.



A Facebook Mentions só pode ser usada por utilizadores do Facebook que têm os perfis verificados. Em Portugal existem alguns atletas e figuras da televisão que podem desde já começar a utilizar a app, como Cristiano Ronaldo, Pepe, Rita Pereira, Daniela Ruah e João Manzarra.



Através da aplicação as figuras públicas ganham acesso a um feed de publicações onde podem acompanhar com mais detalhe o que os seus seguidores estão a dizer.

A partir deste rol de informações é também mais fácil para os “famosos” interagirem com os fãs. A aplicação tem ainda opções para a publicação de conteúdos, como fotografias, vídeos e até permite criar um evento de perguntas e respostas, diretamente a partir do telemóvel.



Apenas disponível para iOS, ainda não há informação de quando o Facebook Mentions pode chegar a outros sistemas operativos móveis.



De acordo com os últimos dados revelados pelo Facebook, cerca de 800 milhões de utilizadores estão ligados a figuras públicas na plataforma social e por semana são geradas cerca de mil milhões de interações neste “meio”.

Descubra a próxima aplicação

Mensagens para deixar aqui e ali com o Drop

Apps de messaging é o que não falta, mas a opção de que lhe vamos falar tem uma particularidade: as mensagens só são recebidas quando o destinatário se encontra em determinado local escolhido por quem envia.

O Drop Messages funciona baseado em localização e permite deixar mensagens a terceiros em geografias e sítios específicos.

A aplicação foi recentemente atualizada e, além da possibilidade de “envio” de mensagens individuais, passou a abranger também “drops” para grupos de pessoas.

O Drop Messages é gratuito e, de momento, só está disponível para iOS.

Descubra a próxima aplicação

Tenha o telemóvel sempre alinhado com o contexto através do Google Now Launcher

Está disponível um inicializador para Android que além de replicar a experiência Google no seu estado mais puro, tem uma página dedicada nos ecrãs de início que disponibiliza a informação que lhe interessa, onde e quando deve interessar.

Se é das pessoas que gosta de ter as informações sempre à mão, o serviço de sugestões da Google é uma boa alternativa. Mas para os que acham que o Google Now não funciona bem como sistema de notificações, podem sempre experimentar a ferramenta na versão inicializador.

No Google Now Launcher os utilizadores ficam com uma experiência de utilização o mais próxima possível ao puro-Google que costuma vir equipado nos dispositivos Nexus.

O último ecrã do lado esquerdo fica no entanto reservado para os cartões do Google Now. Aí o utilizador pode encontrar todas as informações úteis, sempre atualizadas e que têm em conta o contexto em que o utilizador está inserido.

Tempo de deslocação do trabalho para casa, meteorologia, sessões dos cinemas mais próximos e informações recentes sobre os temas que mais costuma acompanhar na Web. Tudo vai depender do número e do tipo de cartões que costuma usar.

O microfone de pesquisa também está sempre disponível, pelo que a qualquer momento pode ir até ao motor de busca matar a curiosidade sobre algum tema.

A aplicação é compatível com todos os equipamentos Android que tenham a versão 4.1 ou superior.

b>Descubra a próxima aplicação

Editor de imagens Over ganha versão para Android

Antes exclusivo da plataforma iOS, o editor de imagens Over tem agora uma versão para dispositivos Android. A aplicação é conhecida por permitir adicionar "legendas" às fotos.


Segundo os seus criadores, a nova versão traz novos recursos - como guardar fotos em resolução máxima ou permitir a rotação do texto - que ainda não estão disponíveis para os utilizadores da Apple.

O lançamento para Android faz-se quando a aplicação já soma mais de 9 milhões de downloads a partir da iTunes Store, que renderam acima de um milhão de dólares.

A Over está disponível na Google Play com um custo de 0,74 euros.

Já decidiu quais destas propostas vai instalar? Se tem outras sugestões para os leitores do TeK faça o favor de as deixar na caixa de comentários abaixo!

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.