A Apple está alegadamente a trabalhar num novo formato de áudio que permitirá democratizar a chamado ‘música de alta resolução’. A ideia é distribuir os conteúdos através do Apple Music, garantindo assim um elemento diferenciador relativamente a uma boa parte dos serviços de streaming existentes.

Este novo formato, que teria uma frequência de 96kHz e um bitrate de 24-bits, garantiria aos utilizadores uma qualidade de som duas vezes superior à que era possível encontrar nos CDs físicos, mas através de streaming, explica o site Apple Insider.

Para isso a Apple tiraria partido da sua entrada multimédia Lightning que tem uma grande capacidade de transmissão de dados - através de uma versão renovada e com um conversor digital para analógico. Já existem atualmente no mercado headphones que tiram proveito desta tecnologia, mas a Apple tornaria o iPhone num leitor portátil de áudio de alta resolução.

Sabendo que a marca da maçã detém ainda uma linha de auscultadores próprios, provenientes da compra da Beats, então a tecnológica teria - tal como gosta - todo o ecossistema montado para garantir o melhor serviço.

A distribuição do áudio em alta resolução aconteceria através do iTunes, mas agora sobretudo através do Apple Music. Dos grandes nomes do streaming da atualidade, só o Tidal disponibiliza áudio em alta resolução.

Este rumor vem ainda dar alguma força a outro rumor que circulou nas últimas semanas na imprensa especializada e que dava conta da intenção da Apple em abandonar a tradicional entrada de áudio de 3,5 mimíletros.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.