A renovação das apps está prevista para o primeiro trimestre do próximo ano, revelou ao TeK. Pedro Bandeira, diretor de desenvolvimento da NOS, à margem do Fórum Mobile da Portugal Internet Week, que decorre no eShow.



As novas versões das apps NOS, que estarão disponíveis para iOS, Android, Windows Phone e Mobile, tiram partido de tecnologias – como o HTML5 - que estão a permitir à empresa fazer um desenvolvimento multiplataforma e criar um produto que terá caraterísticas muito idênticas para os vários sistemas operativos.



As prioridades nesta renovação das apps será a melhoria da interface de utilizador e a introdução de um leque mais alargado de funcionalidades, aumentando o leque de possibilidades disponíveis através deste canal e “aproximando a experiência mobile à da televisão”.



A NOS reúne hoje 1,3 milhões de downloads nas várias versões da sua aplicação para smartphones, que está disponível para iOS, Android e Windows. A operadora admite, no entanto, que embora o número de pessoas que descarregaram a aplicação seja significativo, o tempo que passam a usá-la é significativamente menor em Portugal que noutros países.



Pedro Bandeira explica que as diferenças se justificam sobretudo pelo facto de os portugueses usarem mais o carro para se deslocar até ao trabalho. As apps móveis de televisão são mais exploradas nos países onde a taxa de utilização de transportes públicos é mais expressiva, já que os utilizadores têm mais tempo livre para usar no consumo deste tipo de conteúdos. A utilização das apps de televisão dispara essencialmente com eventos pontuais.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Cristina A. Ferreira

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.