Os dados refletem as respostas ao Barómetro Europeu 2014, do Observador Cetelem, que procurou saber quais as aplicações que os consumidores europeus mais utilizam ou pensam utilizar quando estão numa loja.

A maioria quer comparar preços de produtos com os de outras lojas (73%). Mais de metade também está entusiasmada com a possibilidade de digitalizar códigos de barras/códigos QR dos produtos para aceder a informações (60%). O pagamento através do smartphone sem passar pela caixa interessa a 53%.

O estudo indica ainda que, entre os internautas inquiridos, 41% passam por comparadores de preços antes de fazerem uma compra. Cerca de um terço (32%) declaram não utilizar comparadores de preços, apesar de reconhecerem a sua utilidade.

As respostas destacam igualmente que as aplicações que fornecem informações sobre produtos são essenciais aos olhos dos consumidores, com 15% dos europeus dos doze países analisados pelo Observador Cetelem a referirem já ter digitalizado códigos QR dos produtos. Trinta e sete por cento que ainda não o fazem consideram esta aplicação do smartphone muito útil.

Receber opiniões das redes sociais sobre os artigos que lhe interessam (49%), bem como o deixar fotografar-se com os modelos e pedir opinião dos amigos em tempo real (44%) são igualmente opções mencionadas.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.