O seu criador, que estaria longe de imaginar o sucesso - e os nervos - que o título viria a gerar, tinha avançado que agosto seria o mês do retorno, em entrevista à CNBC há dois meses atrás.

O Flappy Bird foi lançado ainda em 2013, mas só no início deste ano deu nas vistas e ascendeu ao top de downloads das principais lojas de aplicações.

Pressionado pelo sucesso do jogo e pela onda de críticas à jogabilidade do título, o programador decidiu retirar a app das lojas e acabar com a receita diária de 50 mil dólares que estava a conseguir angariar em publicidade.

Além do modo de jogo para duas pessoas, o "novo" Flappy Bird traz também "mais obstáculos, mais diversão" e continua "muito difícil", refere a descrição que o acompanha.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.