Os gráficos dos sites que reportam este género de situações não enganam: a partir das 12 horas desta terça-feira a leitura começou a mostrar que estava tudo menos bem com a utilização do Instagram. As queixas foram desde a impossibilidade de fazer stories ao estacionamento do feed de publicações.

Madrid, Londres, Paris, Genebra e Liubliana são apontadas nos mapas como estando entre as cidades mais afetadas na Europa.

Situação idêntica foi reportada em relação ao Facebook, com queixas de que a rede social chegou a devolver mensagens de “serviço indisponível” aos utilizadores. Aqui o mapa dos Estados Unidos parece apresentar mais reclamações.

As equipas de Mark Zuckerberg, responsável pelas duas redes sociais, ainda não avançaram com qualquer justificação para os problemas de funcionamento.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.