No post do blog do Facebook Gaming, Leo Olebe explica que esta decisão pretende tornar o Messenger uma aplicação mais rápida, leve e simples. E, para além disso, o Facebook quer tornar os jogos instantâneos uma experiência central da rede social.

"A partir do final deste verão, os Instant Games não vão ser mais reproduzidos diretamente na nova versão do Messenger no iOS", explicou Olebe. Mas, de forma a garantir uma transição suave, "os jogadores vão continuar a ter acesso aos jogos através de atualizações de discussão e chatbots no Messenger", enquanto a própria app vai mudar para o Facebook.

tek facebook
Instant Games

Os testes iniciais vão arrancar já este mês, de forma a que a empresa receba feedback da comunidade. Desta forma, pretende-se minimizar as interrupções para os jogadores e os próprios programadores de jogos e manter a integridade geral do jogo quando a migração começar.

"Vamos notificar os jogadores e orientá-los durante as diferentes etapas, para aproveitarem os instant games no Facebook", assegura Leo Olebe. O diretor global de parcerias de jogos do Facebook garante, ainda, que a empresa vai continuar também a partilhar mais detalhes sobre as mudanças de plataformas aos criadores e programadores.

Afirmando que o Facebook está a apostar na área de instant games, o diretor global de parcerias de jogos afirma que a empresa está a implementar um processo de aplicação para novos programadores submeterem jogos na plataforma.

Olebe também assegurou que a empresa vai continuar a manter e reforçar as políticas atuais, bem como a explorar novas políticas para garantir que os jogos sejam divertidos e seguros para todos os jogadores.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.