Os smartphones estão connosco em qualquer lado e em qualquer altura e é por isso que são atualmente o dispositivo principal para jogar em muitos países do mundo. Assim acontece num grupo de 12 inquirido pela equipa do Facebook IQ num estudo.

São várias as conclusões, entre elas que 45% dos jogadores mobile, joga enquanto está à espera e 21% jogam no trabalho.

Além disso, revela-se que as mulheres têm uma percentagem muito idêntica aos homens nos jogos em smartphones. Em média, ao longo dos 12 países analisados da América do Norte, América Latina, Europa, Médio Oriente e Ásia, 47% dos jogadores são mulheres e 53% homens.

Os jogadores mobile que gastam dinheiro têm 2,7 vezes mais probabilidade de permanecer no jogo por questões de comunidade e partilha do que os jogadores mobile que não gastam dinheiro em jogos. São também 2,9 vezes mais propensos a pagar por jogos para mobile para que possam vencer os seus amigos.

O estudo revela ainda que 68% dos jogadores em mobile que gastam dinheiro, descobrem jogos nas redes sociais. Entre aqueles que ativamente descobrem jogos, 1 em cada 4 jogadores mobile que gastam dinheiro, confiam mais nas redes sociais para descobrir mais jogos.

Em 10 mercados estudados, 43% dos jogadores mobile são pais e entre os pais que gastam dinheiro em jogos, o maior pico de jogo é ao início da noite. Entre estes, 83% compra aplicações de jogos mobile para os filhos.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.