Na seleção que fizemos ao longo dos últimos dias mostramos-lhe a possibilidade de ficar a conhecer  problemas ambientais em todo o mundo e definir uma  estratégia para salvar o planeta ou construir arranha céus com apenas alguns toques.

No conjunto de utilitários há "ajudas" para viajar em tempos de COVID-19 e também para deixar as complicações de lado na hora de editar os seus próximos vídeos no telefone.

Veja estas e outras propostas no alinhamento que apresentamos a seguir.

Ajude a salvar a Terra no jogo Save Earth e aprenda como ser mais sustentável no mundo real

Através do jogo fica a conhecer problemas ambientais em todo o mundo e, com base nisso, define a sua estratégia para salvar o planeta.

No Save Earth miúdos e graúdos podem aprender a tornar o planeta Terra mais sustentável. A ideia é simples: criar uma estratégia para salvar o mundo, com base em problemas ambientais reais e nas suas causas.

O objetivo do jogador passa por garantir a sustentabilidade da Terra numa fase inicial, como também reparar e melhorar o atual estado do planeta azul. No final, e consoante o desempenho, o jogo apresenta as estatísticas relativas à missão, com o jogador a recolher pontos sempre que completa tarefas.

Com a possibilidade de transferir o Save Earth para que possa jogar offline, o jogo integra vários módulos. A ideia passa por ensinar adultos e jovens a cuidarem da natureza, tomando conhecimento dos problemas ambientais um pouco por todo o mundo.

Quais são os recursos com os quais pode contar para salvar a Terra? Tem a possibilidade de explorar novas tecnologias, implementar projetos e monitorizar os resultados ou, por exemplo, apostar numa equipa de voluntários para combater caçadores ilegais ou contrabandistas.

A interface do jogo está traduzida em diferentes idiomas, incluindo o português.

O Save Earth é gratuito e está disponível para iOS e Android.

Vai viajar? App da Comissão Europeia informa sobre Covid em toda a UE

A Europa segue a várias velocidades na contenção e controlo da pandemia provocada pelo novo coronavírus. Para facilitar a vida a quem precisa de se deslocar na região e saber com o que pode contar em cada país, a Comissão Europeia acaba de lançar uma aplicação para smartphone.

A app Re-open EU leva para o ecrã do telemóvel um conjunto de informações úteis sobre as medidas em vigor em cada país e números atualizados da progressão da doença na região, conteúdos que já podiam ser encontrados num site com o mesmo nome.

Disponibiliza informações validadas pelo Centro Europeu de Prevenção e Controlo de Doenças e pelos vários Estados-membro, sobre medidas de quarentena aplicáveis a cada país, política de testes Covid para viajantes ou dados de contacto das autoridades sanitárias. A informação está disponível em 24 linguas.

Veja na galeria as imagens da app

A Re-Open EU conta com versões para Android e iOS. A versão web da plataforma, disponível desde junho, acumula já oito milhões de visitantes. Os dados ali publicados referem-se aos vários países da UE, Islândia, Noruega, Suiça e Liechtenstein.

Deixe as complicações de lado na hora de editar os seus próximos vídeos no telefone

O nome não engana e é de vídeos que a VideoShow trata, mais precisamente de edição. A aplicação já conta com vários anos no mercado e tem vindo a aprimorar os seus vários recursos, acima de tudo, simples de utilizar.

Gravar vídeos com o smartphone é cada vez mais comum, ainda que editá-los seja praticamente tão difícil como quando eram feitos com a câmaras dedicadas ao assunto de antigamente. Antes de fazer o post da praxe nas redes sociais ou partilhar as imagens com os amigos, nada como editar o vídeo com ferramentas específicas. E é aqui que a VideoShow pode entrar como opção.

De interface simples, a aplicação oferece uma quantidade razoável de possibilidades que permitem tratar as imagens gravadas de diferentes formas. Comece por escolher as fotos e os vídeos que quer juntar ao clipe, que vai poder recortar, ampliar, copiar, girar, alterar a velocidade ou definir a duração.

Pode desde início aplicar logo um dos temas disponíveis e terá a vida facilitada no que há harmonia entre filtros, transições e escolha musical diz respeito, tendo sempre a possibilidade de influenciar o resultado final personalizando estas e outras opções.

À semelhança de muitas aplicações, entre o conjunto de ferramentas e possibilidades oferecidas, umas estão disponíveis gratuitamente e outras estão incluídas na modalidade paga.

Mencionando mais algumas das opções disponíveis no que diz respeito aos efeitos especiais, tem igualmente stickers, emojis, GIFs, caixas de texto e efeitos sonoros para acrescentar aos seus clipes.

A VideoShow tem versão gratuita, estando disponível tanto para Android como iOS.

League of Legends: Wild Rift oferece a mesma experiência do MOBA em formato portátil

Já chegou aos equipamentos Android o famoso jogo da Riot Games, jogado por equipas de 5x5.

League of Legends dispensa apresentações e 11 anos depois da sua estreia nos computadores continua a ser um dos jogos competitivos mais jogados, seja nas transmissões da Twitch, como nos torneios de eSports. A versão para smartphones estava prometida há algum tempo e estreou-se recentemente nos equipamentos Android (iOS chega um pouco mais tarde).

A Riot Games promete a mesma experiência competitiva do seu famoso MOBA, as jogadas memoráveis e a escolha dos Champions conhecidos do seu universo.

Esta versão tem uma história de produção curiosa. Quando a gigante chinesa adquiriu a Riot Games, pediu-lhe para produzir uma versão de League of Legends para smartphones. Mas a editora negou o pedido, referindo que a jogabilidade e experiência do seu MOBA não poderia se replicado nos equipamentos mobile. A Tencent decidiu então meter mãos à obra para criar o seu MOBA e nasceu o Honor of Kings (Arena of Valor) em 2015, que é atualmente um dos títulos mais jogados, tendo superado os 193 milhões de dólares em receitas em julho. A Riot Games aprendeu a sua “lição” e meteu mãos à obra para adaptar LoL ao pequeno ecrã.

O estúdio afirma que para obter todos os Champions não é preciso pagar, e também não existe “pay to win” ou seja, pagar para obter vantagens competitivas. A Riot Games quer encontrar os melhores jogadores de LoL pelo seu próprio “skill”, capazes de fazer o “pentakill” de sonho de qualquer estrela das competições.

Pode fazer o download gratuito de League of Legends: Wild Rift para Android na Play Store.

Acabaram as discussões nos grupos. Crie sondagens no iMessage em segundos com esta app

Através da TinyPoll criar uma sondagem é praticamente tão simples quanto enviar uma mensagem, sem ser preciso sair do iMessage.

Nas conversas de grupo uma simples pergunta como “Onde jantamos?” pode lançar o caos. Foi a pensar neste verdadeiro desafio de muitos utilizadores que surgiu a app TinyPoll, uma aplicação que permite criar sondagens no iMessage.

Através da app, as sondagens são enviadas diretamente no iMessage, sem ser preciso sair da conversa de grupo. Basta clicar no ícone das apps na conversa para integrar uma sondagem.

A próxima fase, como acontece em plataformas como o Facebook ou Twitter, passa por personalizar os resultados. Por defeito, as sondagens têm três opções, mas podem ter até cinco na versão premium da app. Na versão grátis tem ainda o limite de apenas poder criar uma sondagem por dia.

À medida que as pessoas vão votando, o cálculo é atualizado em tempo real. E se algum dos seus amigos mudar de ideias relativamente à escolha que fez inicialmente? Nesse caso a app permite que troque de opção, sendo também atualizada automaticamente.

A app é gratuita e está disponível na App Store.

Esqueça o barulho de obras e prazos apertados. Neste jogo constrói arranha céus com tranquilidade

Construir um arranha céus no mundo real pode demorar anos, mas no High Rise bastam alguns toques. E neste jogo também não vai contar com pressões para cumprir prazos.

Construir um arranha céus no mundo real pode demorar anos, mas no High Rise bastam alguns toques. E neste jogo também não vai contar com pressões para cumprir prazos.

A ideia é simples: criar uma paisagem urbana num espaço limitado, tendo de combinar tijolos da mesma cor para formar prédios de dois andares. Se colocar os tijolos próximos uns dos outros as estruturas com a mesma altura e cor vão juntar-se para formar torres mais altas.

E não tem de se preocupar se colocar um tijolo no sítio errado. A cada 500 pontos ganha uma ferramenta de demolição, que pode utilizar sempre que isso acontecer.

O melhor de tudo é que não tem de ouvir o barulho típico de obras, já que o jogo conta com uma banda sonora calma. Outra vantagem é não contar com limite de tempo para construir a cidade.

O jogo está disponível na App Store e na Google Play Store.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.