O mercado das aplicações vai gerar 151 mil milhões de dólares nos EUA em 2017, um valor que representa um crescimento superior a 100% comparativamente ao dinheiro movimentado pelo mesmo segmento no ano de 2013. A compra de serviços e bens físicos através dos software vai ser as maior responsável pelo valor traçado.

A análise é da AppNation, empresa de análise de mercado, que refere que as compras de bens através de aplicações são responsáveis por 45 dos 72 mil milhões de dólares que vão ser gerados pelo mercado das aplicações ainda em 2013.

O pagamento pelo download de aplicações não vai gerar nem mil milhões de dólares, sendo uma das áreas que menos dinheiro vai movimentar. Só no ano de 2017 é que o consumo direto de aplicações vai gerar um valor acima dos mil milhões.

O diretor executivo da AppNation, Drew Ianni, acredita que apesar dos mercados de aplicações mais populares estarem a ficar saturados, até ao final de 2015 o segmento dos software móveis vai conhecer um crescimento constante. "As pessoas cada vez mais usam as aplicações do que outros meios de comunicação", comentou o CEO à ComputerWorld.

O mesmo relatório diz que atualmente são os smartphones e tablets quem está a liderar no consumo de aplicações, mas que nos próximos anos o crescimento das Smart TV e dos carros com serviços integrados vão contribuir de forma decisiva para o aumento dos gastos com aplicações.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.