A ideia da Uniphi partiu de Guilherme Oliveira e Costa, Ricardo Santos e João Araújo, três amigos que, como grande parte dos universitários, tinham o hábito de estudar fora de casa.

No entanto, essa é uma tarefa que nem sempre se revela fácil, uma vez que nem sempre existe informação disponível para saber se um determinado sítio é adequado.

Partindo desse princípio e de muitas horas perdidas em busca de um local indicado, os três estudantes desenvolveram a app que permite, de uma forma simples e gratuita, pesquisar quais as bibliotecas, salas de estudo das faculdades ou cafés que se adequam às necessidades dos utilizadores.

Entre as várias informações disponíveis, os utilizadores podem saber o horário de funcionamento dos espaços e se estes têm Wi-Fi, quais os transportes até lá ou até quão silencioso é.

Embora o público alvo sejam os estudantes, a Uniphi também pode ser usada por freelancers ou qualquer outra pessoa que precise de um espaço para estar ao computador. Talvez por isso a aplicação já tenha mais de mil (1.100) utilizadores registados e cerca de sete mil pesquisas realizadas, apesar de ter sido lançada apenas no mês passado.

A app disponibiliza informações sobre 200 espaços em Lisboa, 21 no Porto e 10 em Coimbra, quer para os utilizadores Android como de iOS.

Os fundadores da Uniphi lançaram também uma campanha de crowdfunding para angariar cinco mil euros para desenvolver novas funcionalidades na app.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.