A ideia foi criar um índice que permita "medir" os sentimentos do mundo a cada momento. Tristeza, alegria/satisfação, medo, surpresa, vergonha, desilusão, amor e vários outros são monitorizados pela ferramenta que criada pelo Black Dog Institute e pela CSIRO, duas entidades australianas, para analisar os tweets sentimentais da Internet.


Os resultados, apurados com base na análise em tempo real de milhões de tweets, são apresentados num mapa global, que permite avaliar que estados de espírito dominam na comunicação online em cada continente.


O utilizador pode navegar entre regiões e perceber as diferenças. Nesta segunda-feira os dados mostram que os europeus estão entre as regiões do globo que demonstram mais sentimentos de alegria, por exemplo.


Para explorar o quadro, além de navegar entre gráficos coloridos, pode criar o seu próprio gráfico, escolhendo diferentes formas de organizar a informação. Por região, género, ou tipos de emoções.


A ferramenta WeFeel foi criada para ajudar a perceber se a situação económica das regiões tem impacto nos sentimentos que os seus habitantes partilham nas redes sociais. Diariamente analisa cerca de 27 milhões de tweets, pesquisando informação sobre 600 palavras chave.

[caption]Nome da imagem[/caption]

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.