O Milk Video é uma espécie de extensão do Milk Music, um serviço de música em streaming que a Samsung lançou também no ano passado e que concorre com ofertas como a Pandora, até à data sem grande sucesso.

A aplicação permite encontrar e partilhar vídeos, para além de dar acesso a listas de conteúdos alinhadas com os interesses dos utilizadores, sendo que os conteúdos são fornecidos por um conjunto de parceiros de referência, onde estão nomes como a Red Bull ou cadeias de televisão.

A aplicação não tem publicidade e não chegou a sair dos Estados Unidos, dois aspetos que podem ter contribuído fortemente para o seu insucesso, já que não está associada a uma fonte de receita e teve pouca margem para crescer. Também só estava disponível para dispositivos Galaxy fabricados a partir de 2012.

Na página da aplicação a Samsung explica que o produto deixará de ter suporte a partir de 20 de novembro, um dia depois de completar o seu primeiro, e único, ano de vida.

“Embora continuemos empenhados em fornecer serviços premium de entretenimento, decidimos terminar o suporte à aplicação Samsung Milk Video a partir de 20 de novembro”, refere uma nota.

Sem grande relevância no mercado, o desaparecimento da Milk Video por si só é pouco relevante, mas acaba por ser mais um passo atrás na estratégia da marca, que ao nível dos conteúdos não tem alcançado grande sucesso.

No ano passado a Samsung descontinuou outro serviço de conteúdos, no caso o Samsung Media Hub, uma plataforma com conteúdos de TV e filmes.

 

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.