A edição de imagem, a criação de vídeos e a partilha destes conteúdos multimédia com terceiros tornaram-se acessíveis a qualquer um, com a fenómeno dos smartphones e muitas das ferramentas que pode encontrar nas lojas de aplicações mostram isso mesmo. 

No última semana as aplicações que estiveram em destaque no TeK refletem um pouco essa tendência, embora não se esgotem no tema. Das novidades do Instagram ao esforço da Kodak para recuperar slogans antigos, como "momentos Kodak para mais tarde recordar" há muito para explorar. Venha daí e siga viagem para as próximas páginas. 

 

Os momentos Kodak estão de volta para contar histórias com o telemóvel
O slogan faz, com certeza, parte das memórias daqueles que ainda conviveram com a fotografia analógica e agora é recuperado para o mundo digital: são os “momentos Kodak para mais tarde recordar” em plena versão mobile.

 

É verdade que a frase foi feita para uma altura em que o número de fotografias estava limitado à capacidade prometida do rolo fotográfico, fazendo sentido escolher os registos com o maior cuidado. Não é o caso dos dias que correm, mas a Kodak acha que há momentos fotográficos mais especiais do que outros, histórias que devem ser contadas, e que tem de haver uma aplicação para isso.

 “As fotos que são importantes para si merecem uma app própria. Uma app que (…) transforme imagens em maravilhosos Momentos que valha a pena partilhar”. É desta forma que a icónica marca apresenta a sua mais recente investida no mundo digital.

A aplicação funciona tal qual uma plataforma de narração visual em que os utilizadores podem associar às fotos texto e diferentes molduras, para contarem as suas histórias. O resultado final pode depois ser partilhado com a restante comunidade ou com os “suspeitos sociais” do costume.

Para experimentar por quem tenha dispositivos iOS e, de momento, apenas nos Estados Unidos. A versão Android está prometida para a primavera.

Veja a próxima aplicação

 

Esqueça as contas de cabeça: o Instagram trocou as semanas por dias
A rede social das fotos por excelência deixou de contar o tempo em semanas e passou a mostrar os dias exatos em que os utilizadores publicam os seus posts. Mas há mais novidades para os lados do “instareino”.

 

Agora em vez de andar a fazer contas de cabeça às “23 semanas” que acompanhavam as fotos das contas seguidas (ou as suas próprias fotos), pode ver os dias exatos da publicação.

Além disso, no Android pelo menos, os três pontinhos que ofereciam as opções de Partilhar, Editar, Eliminar e Copiar URL de partilha, deixaram de estar abaixo da foto e passaram para o canto superior direito, tendo sido transformados numa espécie de seta.

Por estas alterações, mas não só, nota-se que o layout no geral está ligeiramente diferente.

As mudanças começaram no final da semana passada para alguns e estão agora a chegar aos restantes utilizadores. Confirme com a sua conta.

Veja a próxima aplicação

 

Este Waffle não é para comer, é uma rede social
Há uma nova rede social que permite a partilha coletiva de conteúdos. Está disponível para Android e foi criada num laboratório da Samsung que dá espaço aos colaboradores para desenvolverem as suas próprias ideias.

 

Uma das criações do C-Lab é a Waffle, uma aplicação para a partilha de conteúdos. O nome não foi escolhido ao acaso e a lógica da aplicação é mesmo a de uma grelha de conteúdos em que os vários membros de uma comunidade podem interagir, contribuindo para enriquecer e diversificar um mesmo conteúdo.

Os pedaços de história que cada utilizador vai construindo vão sendo agrupados quadrado a quadrado. Podem ser imagens, mas também podem ser desenhos criados pelo utilizador.

Para já a app está disponível para Android, ainda em versão beta.

Veja a próxima aplicação

 

Se grava muitos vídeos com o smartphone mantenha o Video Editor por perto A qualidade dos vídeos gravados com o telemóvel está a aumentar de forma notória e as boas velocidades de Internet facilitam a sua partilha na Internet. Por isso dá sempre jeito ter um editor de vídeo instalado no equipamento.

 

Vieram os smartphones, vieram melhores câmaras, veio a partilha de fotografias nas redes sociais e pelo meio apareceram aplicações de sucesso baseadas na edição: Instagram, Cymera, VSCO, entre outras.

Mas as câmaras começaram também a melhorar na qualidade do vídeo, atualmente visto como um dos grandes formatos multimédia dos próximos anos. Mas nem sempre é fácil encontrar um editor de vídeo ‘jeitosinho’.

O Video Editor para Android é recomedado pela própria Google e é fácil de perceber porquê: permite cortar segmentos, acrescentar texto, autocolantes e emojis, permite a aplicação de filtros e transições, o acréscimo de músicas e até gravações de voz.

Para fazer vídeos no smartphone parecem ferramentas suficientes, mas há uma outra essencial: permite a partilha para as principais redes sociais de forma simples e rápida.

Boas gravações.

Veja a próxima aplicação

 Roube a cor às suas fotografias. Mas ganhe em toques artísticos

E que tal dar um retoque retro às suas fotografias? A proposta é da app Black, que integra um emulador de fotografia analógico para melhorar as fotografias.

 

A ferramenta vai ajudá-lo a atingir um nível quase profissional, retomando os melhores tempos da fotografia analógica,  com os modos automáticos ou com ajustes manuais para tons e contrastes.

Entre os modelos pré-definidos na app Black estão filtros da AGFA apx 400, FUJI Neopan 400, Kodak TRI-x 400, Lomography Lady Grey 400 ou Shanghai GP3 100, entre outras. 

Experimente ainda o modo Vignette ou o Fade, e se quiser dar uns passos mais sérios na profissionalização pode sempre comprar ajustes manuais.

A aplicação pode ser descarregada gratuitamente da App Store da Apple para iPhone e iPad ou na Windows Store para Windows Phone.

Veja a próxima aplicação

 

123D Catch: Transforme as suas pessoas ou objetos preferidos em modelos 3D

A impressão 3D começa a ser mais acessível e a Autodesk também quer dar uma ajuda. A app 123D Catch permite usar o telemóvel para criar modelos tridimensionais prontos a imprimir.

 

O truque é usar a câmara fotográfica do telemóvel para captar pessoas, locais ou objetos que depois podem ser transformados em modelos 3D realísticos.

A aplicação guia os fotógrafos para fazerem a recolha da imagem dos vários ângulos, mas este pode ser um processo demorado e exigente, sendo importante seguir algumas regras, como o uso de uma luz uniforme e um "palco" circular para fazer as fotografias.

Depois o processo de transformar as imagens em modelos 3D interativos fica por conta da aplicação, com o resultado final a ser mais ou menos aperfeiçoado com a ajuda do utilizador e o contributo da capacidade de processamento do smartphone, tablet ou computador.

O que se faz com o modelo 3D depende também do interesse do utilizador, mas a impressão em 3 dimensões é uma das utilizações com mais potencial.

A aplicação foi desenvolvida pela Autodesk e pode ser descarregada gratuitamente da loja Google Play para Android, da App Store para iOS e da Windows Store para Windows Phone ou computadores Windows.

O vídeo que reproduzimos abaixo mostra um pouco do processo.

 

Está pronto para começar o seu projeto fotográfico com todas estas sugestões?

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.