A Google comprou a Songza em julho de 2014 e desde então optou por manter a marca e o serviço a funcionar de forma independente, mas era de prever que fosse só uma questão de tempo até que a gigante da Internet calasse o projeto e usasse a tecnologia para reforçar o produto que leva a sua marca, o Google Music.

E assim foi. No último ano a Google tem integrado várias funcionalidades da Songza no seu Google Music, aproximando os dois serviços e melhorando a tecnologia de suporte à sua proposta original nesta área.

Os utilizadores da aplicação - que permite adaptar a seleção de músicas que vai ouvir a seguir à disposição do utilizador – começam agora a ser avisados de que o serviço vai ser completamente integrado no Google Music a partir de 31 de janeiro. Isto significa que a versão web e aplicações móveis entretanto desaparecem. Se o utilizador concordar será migrado para o Google Music.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.