E na última semana passaram pelo TeK aplicações de vários géneros, fazendo justiça à variedade e dinâmica que carateriza o sector. Senão veja: temos peixes criados à mão que ganham vida no iPad, temos versão dupla do popular jogo Dotcom e temos uma playlist para combinar com cada momento.

Nas próximas páginas saiba também que há uma app que promete shortcuts para tudo e mais alguma coisa a partir do ecrã de bloqueio, que os Zombies não saltam e que todos podem contar uma história apelativa com a aplicação certa.

Zombies Can't Jump: sobreviva ao apocalipse mais comum no Windows Phone

É uma das temáticas mais recorrentes no segmento dos videojogos. Mas os zombies estão constantemente a reinventar-se. E a única maneira de escapar a esta praga é através da elevação de personagens porque os zombies não saltam.

Os zombies são criaturas esfomeadas e imparáveis. Mesmo desprovidos de inteligência, são apenas e meramente direcionados pelo instinto, são seres destrutivos sobretudo quando em grupo. E as produções televisivas já mostraram que é muito difícil resistir a uma horda de mortos-vivos.

Mas sabia que os zombies não saltam? É a pensar nesta temática que a produtora Okijin Ltd. decidiu criar o jogo Zombies Can't Jump. O objetivo do jogo é evitar que as duas personagens jogáveis morram às mãos dos muertos vivos – isto porque o título desenrola-se num ambiente mexicano.

O jogador terá à sua disposição um grande conjunto de armas que ajudarão a eliminar os grupos de zombies que se aproximam. E terá também um conjunto de caixas que terá de usar para se elevar perante os inimigos. A ideia é construir uma torre de caixas, de madeira ou ferro, que tiram partido do facto de os zombies não conseguirem saltar.

Disponível também para iOS e Android, o jogo tem um custo de 1,99 euros no Windows Phone.

Descubra a próxima aplicação

Todos podem contar uma história apelativa com o Adobe Voice

A Adobe é conhecida por ter algumas das mais importantes ferramentas de produtividade multimédia, mas que por norma exigem uma grande curva de aprendizagem. Com a aplicação Voice a empresa segue o caminho oposto.




Vídeos que contam histórias ou explicam como acontecem as coisas. Todos já os viram, mas nem todos se acham capazes de os produzir. A Adobe quer mudar isso e apostar também no mercado da produção “simples” com o Adobe Voice.



A aplicação disponível para iPad, de forma gratuita, permite que os utilizadores criem vídeos de forma simples. Crie um clip de voz, associe uma imagem, associe um elemento gráfico que ajuda a clarificar ainda mais a ideia. Passe para outro clip de voz e repita o processo. No final terá um vídeo semelhante aos que costuma ver.



A aplicação de edição permite ainda adicionar músicas, que também podem ser carregadas pelo utilizador.



O Adobe Voice, pelas grandes possibilidades que abre, pode ser usado por um vasto grupo de pessoas: estudantes, profissionais, entusiastas da Internet ou até mesmo jornalistas.

Descubra a próxima aplicação

Start promete shortcuts para tudo e mais alguma coisa num ecrã de bloqueio

Acesso a tudo que interessa ao utilizador de um smartphone logo a partir do ecrã de bloqueio do dispositivo é a promessa deixada pela aplicação Start.

Esta ferramenta de “costumização” permite colocar à distância de um toque as notícias do dia, a previsão do tempo, as redes sociais preferidas, a caixa de mensagens, as galerias de fotos, entre outros, sem desbloquear o telemóvel.

O objetivo é tornar a utilização dos dispositivos Android mais simples e intuitiva.

Tudo aquilo que o utilizador do dispositivo quiser ter “à mão de semear” pode, por exemplo, também passar por conferir os emails mais recentes, ler as últimas mensagens do Whatsapp ou devolver uma chamada perdida.

O Start está disponível a partir da Google Play.

Descubra a próxima aplicação

Crie uma playlist para combinar com cada momento através da app Songza

Não queremos concorrer com o Rock in Rio, mas hoje temos uma sugestão para adequar a sua lista de músicas ao ambiente, altura do dia ou actividade em curso. Mas não será fácil...

É tarde e está cansado (a)? O que falta para animar o resto do dia são mesmo "aquelas" músicas enérgicas que ajudam a esquecer o acumular das horas e as tarefas que ainda falta terminar...

A app Songza promete ter a solução certa para si. As recomendações da playlist parecem ajustar-se como uma luva a cada momento, com músicas adequadas para acordar bem disposto ou reunir um grupo de amigos à volta de uma mesa.

Apesar de gratuita a aplicação torna-se mais cara na compra de músicas do que alguns dos seus concorrentes mais directos. E tem um "pequeno" problema: não está disponível para Portugal pelo que é preciso "enganar" o serviço para conseguir instalá-la. Mas se quiser fazer o esforço vai ver que vale a pena.

A Songza está disponível para download na loja Google Play e na App Store da Apple.

Outra alternativa válida é ir ouvindo as playlists que são colocadas diariamente no site Web.

Descubra a próxima aplicação

O que é que pode ser melhor que o Dots? O TwoDots

Aquele que já foi um dos jogos mais viciantes para dispositivos móveis – eles vão e vêm -, regressa numa segunda versão com uma mecânica de jogo alterada e com um novo grafismo.

Dots foi o jogo que roubou algumas horas de vida a milhões de pessoas em todo o mundo. Êxito no iOS, palmilhou o mesmo caminho quando chegou ao Android. Agora vai adotar a mesma estratégia de lançamento, aliciando os jogadores com uma nova fórmula de entretenimento.

O objetivo do jogo continua a ser unir pontos da mesma cor, mas desta vez o jogador que tem respeitar determinados limites: há um número de jogadas pré-definidas e dentro desse valor o jogador terá que eliminar 15 pontos azuis, outros 15 amarelos e 15 vermelhos, por exemplo.

Existe um novo design, sobretudo ao nível do ecrã de “descanso”, sendo o utilizador brindado com duas personagens e com um percurso dos desafios que foram ficando para trás.

O TwoDots pode ser instalado no iOS de forma gratuita. A versão para Android deve chegar antes do final do ano.

Descubra a próxima aplicação

SquiggleFish: peixes que ganham vida no iPad

Para que o dia da criança seja animado e cheio de brincadeiras divertidas deixamos mais um contributo: uma app que permite desenhar peixes e levá-los para dentro do tablet.





Chama-se SquiggleFish e é mais fácil de usar que de pronunciar. Esta aplicação para iOS, que pode ser usada no iPad ou no iPhone, tem por base um aquário, que pode ser preenchido de acordo com os gostos da criança que "tomar posse" do espaço.



Os desenhos feitos em papel (numa folha branca) e coloridos a gosto devem ser colocados em frente à câmara do equipamento. Quando a imagem é registada o peixe "salta" para dentro do aquário e começa a nadar.



A aplicação está direcionada a crianças com idades entre os 3 e os 7 anos e podem ser usados alguns truques para melhorar os resultados, informações detalhadas no resumo da app. A aplicação é paga e custa 2,99 euros.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.