Domingo é o dia da semana em que o TeK resume algumas das aplicações que marcaram a semana. Como sempre as propostas são diversificadas e destinam-se a diferentes sistemas operativos.



Desde a edição de fotografias, passando pela comunicação mais básica que pode haver entre seres humanos e nunca esquecendo a aplicação que ajuda o seu cérebro a ficar "fit".



São sete e são gratuitas. O que o está a impedir de as experimentar e de tornar o seu telemóvel ou tablet num equipamento mais dinâmico? Espreite todas as sugestões que temos para si.

O cérebro tonifica-se com a aplicação Elevate

Com a aplicação Elevate – Brain Training o utilizador pode levar o cérebro a um nível superior, treinando a destreza linguística. Como o serviço está em inglês, o “treino” conta a dobrar para os utilizadores portugueses.

Falar, escrever e ouvir. Estes três atos que estão constantemente a ser praticados pelos humanos também podem ser usados para potenciar o cérebro. A aplicação Elevate apresenta-se como um software de fitness que promete deixar o cérebro “tonificado”.

Através de vários desafios o utilizador vai ficando com os sentidos mais apurados. Por exemplo, no jogo de leitura o utilizador terá que pequenos textos que são exibidos por palavras, mas a grande velocidade. Em alguns casos podem ser exibidos mais de 300 vocábulos por minuto.

Noutros desafios é preciso encontrar as palavras antónimas, ouvir várias frases lidas e tentar identificar onde está o erro e encontrar a palavra que está a mais numa frase.

Estes exercícios de linguística prometem melhorar a capacidade de concentração, processamento de informação, precisão e compreensão.

Todos os dias existem três novos desafios para serem completados e se o utilizador quiser resultados práticos deverá “praticar-se” quatro vezes por semana. Resumindo, uma ida ao ginásio através do telemóvel.

Alerta-se os interessados que a aplicação só disponibiliza conteúdos em inglês. Mas para os que têm fluência na língua, este apresenta-se como um desafio duplo.



Descubra a próxima aplicação

SpeakingPhoto: uma app para transformar fotos em histórias

O SpeakingPhoto acaba de chegar ao Android. A aplicação permite juntar voz às fotos e contar uma história.

As fotos trabalhadas na aplicação, para receber conteúdo áudio, podem posteriormente ser agrupadas entre si, de forma a criar uma apresentação ao estilo slideshow, com um máximo de oito fotos agrupadas.



Os registos áudio podem ser adicionados a fotos tiradas na altura ou imagens que o utilizador já tenha guardadas. O resultado final pode ser partilhado nas redes sociais ou noutros serviços online, como o YouTube, mas também através de email.



A aplicação está disponível em várias línguas, português incluído, e pode ser descarregada de forma gratuita na loja oficial de aplicações para Android ou na loja da Apple.


Descubra a próxima aplicação

Pictual transforma palavras em imagens

A Pictual é uma app para iOS que permite transformar mensagens de texto em imagens, que traduzem o estado de espirito do utilizador naquele momento.

Mediante a frase escrita, a Pictual propõe uma série de templates, selecionados com base em algumas palavras-chave.

Se não lhe apetecer pensar numa frase, pode também escolher entre "pictuals" previamente criados. Também é possível pegar em fotos e aplicar-lhes os diferentes modelos e tipografias da aplicação.

Segundo os seus criadores, a Pictual quer oferecer "design de qualidade, ferramentas e experiências" para que os seus utilizadores possam "soltar o génio criativo que em si".


Descubra a próxima aplicação

A Dreambooks tem uma aplicação móvel e está a oferecer 10 mil álbuns digitais



A empresa ganhou consciência de que o ambiente móvel representa uma oportunidade de fidelização de clientes e de aumento de receita. A estreia é feita com oferendas e em altura de férias a estratégia pode mesmo resultar.

A Dreambooks, empresa especializada na área da fotografia, lançou há pouco tempo a sua primeira aplicação móvel. Disponível apenas para o iPad, o software permite fazer álbuns digitais em apenas alguns minutos, aproveitando a integração com vários serviços online como o Facebook, Flickr, Instagram, Picasa ou Dropbox.



A aplicação Dreambooks Album está a marcar os primeiros tempos de vida com uma campanha promocional: os primeiros dez mil álbuns encomendados através da aplicação vão ser oferecidos aos utilizadores.



Em comunicado a empresa revela que como o período de férias está a aproximar-se para a maioria das pessoas, esta é uma campanha que vai atrair utilizadores que vão querer criar álbuns dos dias em que estiveram em descanso.



A aposta na aplicação aparece depois de a Dreambooks ter reparado que uma parte dos acessos feitos à página da empresa tinham origem nos dispositivos móveis, sobretudo no tablet da Apple.



As expectativas da empresa para o próximo ano são de atrair mil novos clientes nas plataformas móveis, algo que pode render 10% da faturação da Dreambooks em 2015 – o equivalente a 240 mil euros.



Descubra a próxima aplicação

O mestre da edição de imagens chega ao Windows Phone



O sistema operativo móvel da Microsoft pode não ser prioritário para muitas empresas, mas aos poucos vai conquistando algumas aplicações de peso. O Photoshop da Adobe é a última grande “contratação”.



O Photoshop em versão móvel já está disponível para os smartphones com Windows Phone 8 e 8.1. A aplicação é gratuita e traz consigo várias ferramentas de edição de imagem que mesmo não se equiparando à versão para computadores, trazem sempre consigo o peso do nome.



Cortar, rodar e torcer fotografias, remover olhos vermelhos, ajuste automático da luminosidade e níveis de exposição apenas com um toque, capacidade de controlo dos níveis de contraste e claridade de uma imagem. Estes são apenas alguns dos comandos que estão disponíveis para os utilizadores.

A aplicação dá ainda acesso a pacotes especiais com novas ferramentas de edição de imagem, mas que apenas podem ser usados mediante compra.



Ao bom estilo das aplicações móveis o Photoshop para Windows Phone dá a possibilidade de as edições finais poderem ser partilhadas através de plataformas sociais como o Facebook e o Instagram.



O programa de edição de imagens da Adobe é mais um grande nome que se junta ao sistema operativo móvel da Microsoft, ainda que ao nível das aplicações de edição o Photoshop não seja o software de referência.



Instagram, Snapseed, Pixlr Editor ou VSCO Cam são quatro das apps mais usadas pelos criativos mobile.



Descubra a próxima aplicação

Hey, uma alternativa ao Yo que nasceu em Lisboa

A aplicação Yo deu que falar… e continua. Entretanto já surgiram clones que procuram melhorar ou diversificar as opções do conceito. Um deles nasceu em Lisboa.

Aos comandos do projeto Vinicius Neris, Mauricio Giordano e Pedro Góes. Três estudantes brasileiros que estão em Lisboa participar na edição de Primavera do Lisbon Challenge, um programa de aceleração promovido pela Beta-i.



Com idades entre os 20 e os 23 anos, os empreendedores participaram no programa com outra aplicação, que já tinham começado a desenvolver no Brasil e que trouxeram ao programa de aceleração português, a InEvent.



Trata-se de uma plataforma para dar suporte à comunicação de eventos em tempo real, uma solução que o grupo já testou no Brasil em cerca de 20 eventos e que agora tenta promover em Portugal e na Europa enquanto afina o conceito no Lisbon Challenge.




Enquanto isso e perante o sucesso da aplicação, o grupo decidiu criar uma app idêntica que usa o mesmo conceito - é uma forma simples de chamar alguém do núcleo de contactos - mas melhora um conjunto de fragilidades detetadas no produto original, explica Vinicius Neris.


A segurança da plataforma é uma das melhorias da Hey face à Yo, garante o empreendedor. A forma de adicionar pessoas à aplicação é outra diferença, já que a Hey permite a ligação via Facebook.


Vinicius Neris reconhece que a Hey não é uma ideia original, como a de outros projetos que o grupo de estudantes tem desenvolvido, mas recorda que muitas das grandes ideias da tecnologia evoluíram dessa forma, com vários contributos que as foram aperfeiçoando. "O que é bom deve ser copiado", defende.


Numa nova versão, que este fim de semana fica disponível, a Hey passa também a disponibilizar entoações, que permitem personalizar a utilização, tendo em conta diferentes estados de espírito.


Para já a Hey está apenas disponível para Android mas em breve ganhará também uma versão para iOS, que só ainda não está disponível porque os processos de aprovação associados à entrada na loja da Apple são mais longos.



Descubra a próxima aplicação

Aplicação de mensagens do Facebook que se autodestroem disponível para Portugal

Lançada a semana passada nos EUA, a aplicação Slingshot chega agora a Portugal, embora ainda na versão inglesa. A grande procura ditou o alargamento do lançamento inicial para o resto do mundo, diz o Facebook.

Num processo muito idêntico ao Snapchat, o Slingshot, permite partilhar fotografias ou vídeos com um ou várias pessoas, em "slings" que se autodestroem quando vistos a primeira vez. É possível escrever sobre as fotos e ainda adicionar emojis.

A diferença é a função "responder para desbloquear", já que no Slingshot as mensagens recebidas só podem ser vistas quando o utilizador envia uma foto ou um vídeo de volta.

A aplicação está disponível para iOS e para Android.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.