Os tempos de decadência parecem ser águas passadas para a Snap que voltou a registar um crescimento na sua base de utilizadores. No primeiro trimestre do ano, a empresa conseguiu alcançar a marca dos 190 milhões de utilizadores ativos diariamente, o que representa uma subida de 2,2% no indicador, em comparação com os últimos três meses de 2018. Note que há um ano, a aplicação contava com 191 milhões de utilizadores ativos, tendo-se seguido uma queda constante nos meses que se seguiram.

Snapchat vai disponibilizar stories no Tinder
Snapchat vai disponibilizar stories no Tinder
Ver artigo

Para inverter o ritmo descendente, a Snap lançou uma app para Android completamente redesenhada. A versão foi bem recebida pelo público, o que pode ter ajudado a revitalizar a imagem da app junto dos utilizadores deste sistema operativo. No entanto, Evan Spiegel, CEO da plataforma, acredita que este investimento só trará um retorno mensurável dentro de alguns meses.

É ainda de assinalar que a empresa conseguiu registar 320 milhões de dólares em receitas (mais 39% em relação ao período homólogo). O valor ainda não permite à Snap ser uma empresa lucrativa, uma vez que, contas feitas, a tecnológica fechou o trimestre com um prejuízo de 316 milhões.

No último relatório de atividade da Snap há ainda uma métrica interessante, que diz que a empresa consegue atingir 75% de todos os utilizadores norte-americanos de smartphone compreendidos na faixa etária dos 15 aos 34, o que, nos EUA, lhe permite impactar mais perfis nesta faixa do que o próprio Instagram.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.