A entrada de publicidade no Snapchat tem sido feita de forma gradual e de maneira a dar à empresa novas possibilidades de receitas. A app para dispositivos móveis poderá estar prestes a sofrer outra atualização nesse sentido e trazer uma nova funcionalidade: um agregador de notícias de vários meios de comunicação social, como o BuzzFeed, CNN e Daily Mail, e que terá anúncios pelo meio.

Atualmente com 100 milhões de utilizadores ativos todos os meses, o Snapchat é já, segundo dados da ComScore, a terceira rede social mais utilizada no planeta. A empresa já deu os primeiros passos na inclusão de material publicitário entre as publicações dos utilizadores, em outubro do ano passado, e, segundo o New York Post, irá lançar esta terça-feira a funcionalidade "Discover", que vai trazer mais alguns anúncios para a aplicação.

De acordo com o Digiday, que obteve a imagem em anexo, esta nova ferramenta irá agregar vídeos, fotos e artigos de fontes noticiosas como o BuzzFeed, CNN, Daily Mail, ESPN e Vice, entre outras. Isto marca a entrada de informação de meios especializados no ecossistema das mensagens autodestrutivas.

Associados aos conteúdos que poderão ser visualizados ao longo de 24 horas, estarão anúncios publicitários. De acordo com fontes do AdWeek, terão um custo aproximado de 750 mil dólares, cerca de 665 mil euros, por cada publicidade inserida.

No final de 2013 o CEO da empresa, Evan Spiegel, recusou uma oferta de compra do Snapchat por parte do Facebook por 3 mil milhões de dólares, "obrigando" a rede social de Mark Zuckerberg a optar por uma alternativa. Menos de um ano depois, uma injeção de capital colocou o Snapchat a valer 10 mil milhões de dólares.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.