O serviço de transporte de pessoas Uber foi banido da cidade de Berlim no final da semana passada. Entretanto já foi temporariamente ilibado por uma instância superior da justiça germânica. Isto para dar apenas um exemplo do tipo de problemas que a empresa norte-americana tem enfrentado em algumas partes do mundo.



Mas enquanto os reguladores e as entidades responsáveis tentam perceber se o sistema da Uber é ilegal, a empresa tem colocado à prova novos conceitos que lhe permitirão explorar novos segmentos de mercado.



Nos EUA e para já apenas na cidade de Washington DC, a Uber tem o serviço Corner Store, um “canto” na aplicação da empresa que permite encomendar artigos de mercearia que são depois entregues em casa pelos veículos da Uber.



De acordo com a explicação do TechCrunch, o funcionamento é tão simples como o de chamar um carro – o utilizador escolhe o produto que quer, espera que haja um carro disponível para fazer a entrega e depois é só esperar pela encomenda. O dinheiro da compra é descontado diretamente do cartão de crédito associado à conta Uber, portanto nem dinheiro os utilizadores precisam de ter consigo.



Do lado dos condutores é feita uma verificação da compra através de um telefonema para o utilizador e é depois feita uma verificação da encomenda propriamente dita. O serviço está disponível das 9:00 horas até às 21:00 horas



A lista de produtos disponíveis é limitada, mas engloba produtos de higiene, beleza, de saúde e outras categorias de produto de mercearias.



A experiência vai durar algumas semanas e a continuação da mesma dependerá sobretudo da resposta dos utilizadores à Uber Corner Store. A startup norte-americana já testou em Portugal um sistema semelhante, no dia em que era possível encomendar gelados através da app Uber.



A empresa está ainda a testar outros serviços, como a Uber Movers – dedicado aos serviços de mudanças – e o Uber Rush – um serviço de entrega de estafeta.



E é exatamente por causa da estratégia diversificada que a empresa tem tentado explorar que um executivo da Google Ventures, um dos fundos que tem investido na Uber, está convencido de que nos próximos anos a empresa pode valor 200 mil milhões de dólares.



Entretanto os utilizadores portugueses apenas podem usufruir do serviço de transporte pessoal Uber Black.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.