Segundo o explicado numa nota publicada a partir do blog do YouTube para parceiros e criadores , com a futura opção será possível adicionar vídeos para visualização posterior, quando não há ligação à Internet disponível.

No post, a equipa do YouTube fala num “curto período de tempo” de disponibilidade, sem especificar esse mesmo intervalo, mas há rumores que apontam para as 48 horas e que passado esse período de tempo a possibilidade é anulada.

Diz-se também que a nova funcionalidade vai estar ativa por norma, mas quem publica os vídeos poderá sempre optar por não disponibilizá-los offline.

A medida faz parte de um conjunto de atualizações que o YouTube tem vindo a fazer na área mobile, com vista a melhorar a experiência de utilização – como as do passado dia 15 de setembro na app oficial , que passou a permitir ver vídeos enquanto se pesquisa, procurar listas de reprodução e utilizar o botão "Reproduzir todos".

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.