A relação entre serviços, utilizadores e publicidade há muito que existe e é em muitos casos a única fórmula possível para atingir a rentabilidade. Mas essa relação nem sempre é pacífica já que as pessoas não gostam de ver o seu espaço privado ser invadido por marcas que tentam “impingir” produtos. Mas isso pode estar prestes a mudar.



O Instagram, rede social detida pelo Facebook, vai passar a exibir anúncios em formato vídeo. Mas não são uns anúncios quaisquer. São anúncios feitos à medida da plataforma e que têm de respeitar algumas regras de qualidade impostas pelo Instagram.



De acordo com a publicação AdWeek, não haverá publicidade vídeo na rede social que não tenha sido analisada previamente. Tudo para tentar garantir que a relação entre utilizadores e anúncios é positiva, e nunca vista como intrusiva.



Veja aqui dois exemplos de anúncios que já estrearam no Instagram: um da Disney e outro da Activision:










No caso da publicidade de Call of Duty, a ideia da Activision é que os utilizadores sejam depois tentados a visitar a página da empresa no Facebook, onde existe uma versão mais longa do vídeo.



O Instagram esteve a testar os anúncios em vídeo durante seis meses e vão começar a surgir aos utilizadores a partir de hoje. Os vídeos vão ter a funcionalidade de autoreprodução e serão mais uma forma das empresas comunicarem com os internautas através da rede social.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.