A Apple não irá utilizar o modem wi-fi da Intel quando lançar os modelos de iPhone assentes em ligações 5G em 2020. A marca da maçã já terá mesmo informado a sua, até então, parceira tecnológica, que alegadamente se viu obrigada a parar a sua linha de produção de componentes wi-fi e bluetooth (conhecida internamente como Sunny Peak), já que a Apple era a sua maior cliente. A Intel deverá voltar ao "estirador" para melhorar o produto e tentar voltar a equipar os iPhones em 2022.

Segundo reporta a Calcalist, a gigante tecnológica poderá estender a sua parceria com a MediaTek, a responsável atual pelos chips wi-fi para os dispositivos HomePods. Nesse sentido, os primeiros smartphones iPhone poderão ter modems 5G fabricados pela empresa taiwanesa.

O que pode ter despoletado o interesse da Apple na MediaTek foi a antecipação do lançamento do seu modem 5G, o Helio M70, que na sua revelação em junho prometia uma colocação no mercado ainda durante 2019. O componente está equipado com chips de 7 nanômetros, estando preparado para velocidades até 6 Gbps.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.