O Fire Phone da Amazon gerou muita conversa antes do seu lançamento oficial pois era a primeira investida da Amazon no competitivo mercado dos smartphones. O equipamento seria depois revelado com grande pompa e circunstância devido às características diferenciadoras - como o efeito 3D -, mas nunca correspondeu às expectativas.

Num curto espaço de tempo sofreu uma grande quebra no preço, um indicador de que não estava a vender. A Amazon sofreu grandes perdas pelo investimento que tinha feito no gadget. Mas o “pesadelo” e ponto baixo no percurso da tecnológica norte-americana parece ter chegado ao fim.

Um porta-voz da Amazon confirmou à GeekWire que o Fire Phone já não tem stock, nem nos EUA nem em qualquer outro mercado. E sabendo que a empresa fez alguns despedimentos na divisão de hardware - aliado ao mau desempenho do telemóvel - será difícil ver a tecnológica a produzir mais unidades e a investir de novo neste dispositivo.

Não ficou totalmente de parte a ideia de a Amazon voltar a apostar no mercado dos smartphones, mas as prioridades da empresa parecem ser outras. O The Wall Street Journal escrevia esta semana que a Amazon está a preparar um tablet de seis polegadas com um preço de 50 dólares, cerca de 45 euros.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.