Um dos pontos altos na apresentação dos novos iPhone no dia 9 de setembro foi a atuação em direto dos U2, que ali revelaram o novo álbum Songs of Innocence, um trabalho que entrou diretamente na conta do iTunes de cada utilizador do serviço de música. Gratuitamente.



O presente acabou por não ser do agrado de todos os que o receberam e nos últimos dias as críticas à Apple sucederam-se, com muitos a considerar que a oferta foi uma invasão de privacidade. Em resposta, a empresa acabou por lançar uma ferramenta a partir da qual permite eliminar rapidamente e sem deixar vestígios, o último trabalho da banda irlandesa.



Só com um clique é possível remover o álbum dos U2 e eliminar toda a informação de que alguma vez lá esteve do histórico de downloads. Para facilitar o processo, a empresa criou mesmo uma página de suporte, que o utilizador no processo.



Para quem se irritou com a oferta mas teme vir a mudar de ideias no futuro, vale a pena tomar uma decisão definitiva até 13 de outubro. A oferta exclusiva para clientes da Apple só se mantém até essa data. A partir dessa data o novo trabalho entra no circuito comercial normal e tem de ser comprado.



Esta segunda-feira a Apple anunciou um número recorde de encomendas dos novos iPhone nas primeiras 24 horas em que foi possível reservar o produto. No primeiro dia em que foi possível assinalar a intenção de compra 4 milhões fizeram-no, um número recorde. Quando o iPhone 5 entrou em pré-venda, em 2012, a empresa recebeu um total de 2 milhões de encomendas.



As vendas começam já no dia 19 de setembro, no primeiro conjunto de mercados. Em Portugal avançam uma semana mais tarde, a 26 de setembro.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.