As expectativas estão elevadas e o desejo dos seguidores da marca da maçã é que a empresa lance três smartphones novos no mercado, este ano: uma versão “normal”, uma versão Plus e uma versão comemorativa dos 10 anos de existência do iPhone. Uma intenção que os mais recentes rumores corroboram.

Avança o site japonês MacOtakara que há uma forte possibilidade de o telefone se chamar iPhone Edition, em vez de “iPhone 8” como alguns “adivinham”. Aponta-se ainda que esta deverá ser a versão flagship deste ano do modelo, e que o seu preço base deverá ultrapassar, pela primeira vez, a barreira dos 1.000 dólares, como já tinha sido sugerido.

Nesta altura, ainda estará muita coisa por definir neste iPhone Edition, e mesmo quanto aos futuros (e supostos) iPhone 7s e iPhone 7s Plus, estando a ser analisadas várias hipóteses. Entre elas há modelos com ecrã OLED, outros com ecrã LCD e mesmo alguns mockups sem botões físicos. Para a “carcaça” a Apple pode apostar numa composição de cerâmica, alumínio e vidro, avança o portal.

Os únicos recursos “confirmados” para o iPhone Edition são um ecrã de cinco polegadas, carregamento sem fios e câmaras duplas.

O ecrã de cinco polegadas diz respeito a “espaço útil”, ou seja o futuro iPhone deverá ter um ecrã “total” de 5,8 polegadas, num dispositivo que tem aproximadamente a dimensão de um iPhone de 4,7 polegadas. A diferença será usada para integrar botões virtuais.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.