Oficialmente o fabricante chinês não comenta a informação, avançada ao Digitimes por fontes próximas ao processo, mas a justificação apontada por fontes não oficiais indica que a decisão da Apple é uma reação da fabricante aos baixos níveis de procura do equipamento.



As expectativas criadas em termos do modelo, que o mercado acreditou poder vir a ser uma opção mais diferenciada em termos de preço relativamente ao modelo topo de gama, o 5s, podem justificar a procura abaixo do previsto.




Já em outubro tinham surgido notícias dando conta de uma redução da produção do 5c noutro parceiro da Apple, a Pegatron, também asiática. De acordo com esta informação, a Apple terá reduzido a produção para um terço. A redução da produção na Foxconn com a desativação desta fábrica terá sido na ordem dos 20%.




Em compensação, a procura do iPhone 5s tem estado acima do previsto. A fábrica da Foxconn que deixará de produzir o iPhone 5c passará a produzir o 5s.

Escrito ao abrigo do novo Acordo
Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.