Um casaco e um vestido futuristas quanto baste, mas mais usáveis do que aquilo que se possa imaginar num primeiro momento são as propostas da designer de moda holandesa Pauline van Dongen.

O projeto resultou da parceria da estilista com o empresário Christiaan Holland e com um especialista em energia solar, Gert Jan Jongerden com o desafio de encontrar uma solução para que os frequentadores de festivais de música mantivessem os seus smartphones carregados, mesmo não tendo qualquer tomada elétrica por perto.

Até agora foram criadas duas peças de roupa: um casaco e um vestido, feitos a partir de couro, lã e células solares. O vestido inclui 72 células solares flexíveis na parte da frente, enquanto o casaco usa 46 células rígidas. Estes "painéis", dobráveis, podem estar expostos ou recolhidos.

Cada uma das peças pode acumular energia suficiente para carregar um smartphone normal a 50% após uma hora de exposição ao sol.

Depois deste projeto, lançado no final de 2013, Pauline van Dongen regressou à tecnologia, desta vez não para uma integração efetiva da mesma nas suas peças de roupa, mas como um dos materiais de fabrico, com a utilização de fios elétricos.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.