O FlexPai não é um protótipo, já está à venda na China, e conseguiu ultrapassar as principais fabricantes chegando ao mercado como o primeiro smartphone dobrável a ser comercializado. A Royole conseguiu a proeza mas não revela números exatos de encomendas, nem dá grande margem para testes aprofundados aos equipamentos.

Na CES tivemos oportunidade de experimentar brevemente uma nova versão que foi "afinada", mas com limites de tempo e de mobilidade que não permitem ir além de umas primeiras impressões. E não são muito positivas.

CES 2019: Depois de smartphone dobrável, o teclado dobrável
CES 2019: Depois de smartphone dobrável, o teclado dobrável
Ver artigo

O conceito é interessante, mas a implementação é ainda uma desilusão. O modelo é grande, pesado, impossível de colocar no bolso e lento. O ecrã AMOLED de 7,8 polegadas pode ser usado como tablet ou dobrado para ser mais prático e a empresa garante que o pode dobrar mais de 200 mil vezes sem danos.

A nova versão do FlexPai tem um processador Snapdragon 855 e um sistema de dual camera de 16+20 MP, e há dois modelos, um com 6 GB de RAM e 138 GB de armazenamento e outro com 8GB de RAM e 256 GB de armazenamento. O sistema operativo é o Android 9.0 Pie mas foi "artilhado" para acomodar a funcionalidade do ecrã dobrável, embora ainda mostre algumas limitações durante a operação, como se pode ver no vídeo.

As pré-vendas estão abertas online mas as encomendas podem demorar entre 60 a 90 dias. Os preços variam entre 1.318 dólares e 1.469 dólares consoante a versão escolhida.

Para a CES a Royole trouxe também outras soluções baseadas na sua patente de ecrã flexível, entre as quais uma coluna de som que conseguiu ganhar um dos prémios de inovação da feira e um teclado flexível.

O SAPO TEK está a explorar todos os espaços da CES 2019 e vai trazer as principais novidades e tendências, assim como anúncios de produtos, que pode acompanhar aqui.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.