Um estudo divulgado recentemente revela que pela primeira vez, o consumo de dados feito através de telemóveis é maior que o realizado através de tablets. A conclusão é da Arieso, que tem analisado as tendências de consumo de dados a partir de dispositivos portáteis ao longo dos últimos três anos.



A empresa também conclui que nos dez equipamentos que mais apelam ao consumo de dados móveis - entre 145 estudados - seis são agora smartphones, três são tablets e um "phablet". Para além disso, a presença dos tablets na tabela está longe da liderança, ocupando a quarta, oitava e nona posição.



Voltando aos smartphones, uma das notas interessantes do estudo está na comparação do consumo médio de dados entre utilizadores do iPhone 4S e do iPhone 5. O crescimento é de 50% e torna-se ainda mais relevante quando estendido ao iPhone 3G. Nesse caso o uso de dados é quatro vezes superior.



Os utilizadores do Galaxy S III, por seu lado, destacam-se no volume de dados gerado (upload), quatro vezes mais que os utilizadores do iPhone 3G. Nos tablets destaque para o Samsung Tab 2 de 10.1 polegadas, cujos utilizadores consomem, em média, 20% mais dados que os utilizadores do iPad.



A inversão de tendência no mercado europeu, onde o estudo foi realizado, é explicada com as novas funcionalidades dos equipamentos, que têm funcionado como um apelo ao consumo de serviços que não a voz.



Os autores do estudo também perceberam que o tipo de utilização dado aos tablets e aos smartphones é muito idêntico e acrescentam que nos tablets com funções de voz essa característica transforma-se na mais relevante do equipamento. O estudo revela, por exemplo, que equipamentos como o Galaxy Note II são mais usados como smartphone do que como tablets.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.