O Android One foi anunciado pela gigante de pesquisas como uma solução mais económica em oposição aos dispositivos da sua gama Nexus. Sendo uma versão low cost, o aparelho não detém o mesmo tipo de investimento a nível de acabamentos e de hardware que a principal linha de dispositivos móveis da marca.

O mais recente programa de smartphones da Google também se caracteriza pelo facto de colocar no topo da prioridade das atualizações do Android todos os equipamentos desta linha.

Ao contrário do que tem acontecido, para o mercado turco, a Google colaborará com a General Mobile para lançar um smartphone que é mais aprimorado. As características que saltam logo à vista é a adição da textura que imita o couro na parte de trás, passando uma sensação mais requintada.

"O nosso objetivo com o Android One é capacitar mais pessoas a fazer grandes coisas com a Internet, colocando uma smartphone de alta qualidade nas suas mãos", afirmou a Google em comunicado.

Além do visual, a fabricante turca integrou um processador Qualcomm Snapdragon 410 e 2GB de RAM, fazendo com que o valor de venda do modelo saltasse dos 98 para os 230 euros, aproximadamente.

Para além disso, o smartphone terá um ecrã de 5 polegadas com resolução HD protegido por um Corning Gorilla Glass 4 e será o primeiro Android One a suportar redes 4G. No que toca às câmaras, esta versão terá um sensor de 13 megapixéis na principal e 5 megapixéis na frontal.

Até agora, o Android One apenas estava disponível em países asiáticos. A Turquia torna-se assim o sétimo país onde a Google o disponibiliza seguindo-se à India, ao Nepal, ao Bangladesh, ao Sri Lanka, à Indonésia e às Filipinas.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.