O TeK já tinha adiantado a notícia ontem, mas hoje é que foi feito o lançamento oficial da nova marca LAIQ, que já está a lançar dois smartphones no mercado português.

A marca está suportada numa empresa com mais de 30 anos de experiência no mercado, a SDT, um integrador de sistemas que tem trabalhado com os principais operadores de telecomunicações em Portugal que tem uma faturação anual de 50 milhões de euros e está presente também em Angola e no Brasil.

"Estamos há um ano a conceptualizar a marca e a pensar nela [...] Acreditamos que conseguimos realizar esse sonho, a pensar no mercado em Portugal numa perspetiva de longo prazo", explicou Arnaldo Rodrigues, diretor geral na conferência de imprensa de apresentação da LAIQ.

Para já a empresa aposta em três gamas, Rhythm, Travel e Style, sendo que os novos modelos que começam agora a ser comercializados estão na gama Travel. Até ao Natal serão lançados ainda dois novos modelos das outras duas gamas e a LAIQ vai investir cerca de meio milhão de euros numa campanha publicitária.

No último ano foram vendidos 2,5 milhões de smartphones no mercado português e este ano o volume deverá chegar a 2,9 milhões, adiantou Arnaldo Rodrigues, e o posicionamento da LAIQ pretende responder nas principais gamas de características e preços mais procuradas, com telemóveis cujos preços rondam os 200 euros.

As expetativas para o primeiro ano são de conseguir vender 40 mil unidades, nos três meses que restam, mas para 2016 Arnaldo Rodrigues acredita que é possível chegar às 200 mil, sobretudo porque está a preparar um lançamento "diferenciador" no início do ano.

Os novos modelos New York e Dubai são ambos Dual Sim, com Android, e apostam em ecrãs de 5 polegadas, HD, com câmaras traseira de 13 Mp e frontal de 8 MP. O LAIQ Dubai diferencia-se pelo design e estrutura, mas também no processador, que é um Octa Core.

Os preços são de 149 e 169 euros, respetivamente, com os dois modelos a ficarem disponíveis esta semana nas lojas da Phone House.

Crescer no mercado português

Desde 2013 que a SDT tem vindo a desenvolver tecnologia e produtos para telemóveis, e conta já com uma equipa de 18 pessoas que fazem o desenvolvimento de produto em interligação estreita com os parceiros de desenvolvimento de chipsets e produção na Ásia.

Em Portugal a SDT já desenvolveu 4 smartphones para a MEO, trabalhados e certificados para o mercado português, e conta com mais de 107 mil unidades vendidas, entre as quais o Meo A30 que foi campeão de vendas em 2014.

Segundo os números da empresa, as vendas garantem-lhe cerca de 9% de market share de smartphones vendidos em Portugal, sendo que dentro da marca MEO representa 60% do market share.

Nos últimos anos outras marcas portuguesas têm procurado o seu espaço no mercado, nomeadamente a ZTC, da Aveicellular, e a WoW! Mobile, seguindo uma tendência internacional que procura ganhar espaço em nichos de mercado que não estão totalmente dominado pelas grandes marcas globais, como a Apple,Samsung, LG e Huawei, entre outras.

A marca portuguesa Tsunami, que está em processo de reestruturação, prometeu também para este ano o lançamento de smartphones.

Veja o vídeo com a apresentação dos novos smartphones da LAIQ.

Nota da Redação: A notícia foi atualizada com mais informação e fotografias depois da conferência de imprensa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.