Desde o início do processo de retoma dos novos Note 7 da Samsung que os relatos de histórias que incluem explosões com este smartphone têm surgido a um ritmo frequente. A FOX 13 News dá conta de um dos últimos, que ocorreu esta segunda-feira no estado norte-americano da Flórida, onde o alegado rebentamento de um Note 7 acabou por destruir o carro do seu utilizador.

De acordo com o lesado, Nathan Dornacher, o telefone foi deixado dentro do carro, em carregamento, enquanto ele descarregava uma peça de mobiliário de dentro da viatura. Numa publicação feita no Facebook, Dornacher conta que não foram precisos mais do que alguns minutos para encontrar o carro engolido pelas chamas.

Além de uma associação lógica, o americano admite não ter provas concretas de que foi efetivamente o smartphone o responsável pelo incidente, apesar de, como disse, "todos os sinais apontarem nesse sentido".

Em resposta, a Samsung já fez saber que está a par do sucedido e que está a trabalhar com Dornacher na investigação do caso.

Recorde-se que no início do mês de setembro a tecnológica sul-coreana apelou a todos os portadores de um Note 7 que o entregassem para substituição após terem sido relatados 35 incidentes com origem nas baterias defeituosas do equipamento.

Mais recentemente o telefone chegou mesmo a causar mais de 1.000 dólares em prejuízos num hotel australiano após ter explodido e, ainda com base nestas histórias, a Federal Aviation Administration aconselhou os utilizadores a não levarem os seus smartphones em voo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.