O novo Gear S foi apresentado ainda antes da IFA e muda o modelo de relógio inteligente que a Samsung já possuía com o primeiro Gear, tornando o equipamento mais independente do smartphone ao integrar um cartão SIM, uma mudança que se junta a vários afinamentos no design e nas funcionalidades.

Tiago Flores, responsável por marketing de produto da Samsung Portugal, confirmou hoje que o relógio vai estar à venda a 24 de outubro em Portugal e que o preço recomendado é de 399 euros, mas adiantou ao TeK que está a ser estudado um modelo de negócio com os operadores móveis que pode tornar mais barato o custo final do equipamento.

“Haverá um modelo de negócio, com pacotes de operador e valor subsidiado”, adiantou o responsável à margem da conferência.

Sem querer concretizar preços ou modelos de oferta, Tiago Flores explicou ao TeK que os modelos não estão fechados . “É um modelo de negócio novo para nós e para os operadores, mas na data de lançamento será apresentado um preço e um modelo de negócio que trará maior alavancagem aos wearables”, justificou.

A integração de um segundo cartão SIM no relógio permite aos utilizadores deixarem o telemóvel em casa quando vão correr ou assistir a um concerto, mantendo o acesso a muitas das funcionalidades que só estavam disponíveis num smartphone tradicional, e esta extensão é vista com bons olhos pelos operadores móveis, que encaram a oportunidade como mais uma forma de conquistar mais clientes, emitir mais cartões e aumentar o tráfego de dados e utilização de voz e outros serviços.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.