O dispositivo vai integrar um processador Atom a 1,6 GHz com tecnologia Intel Hyper-Threading, 4GB de memória, um ecrã tátil IPS de 4,7 polegadas qHD, uma câmara de 8 megapixeis com flash LED e uma bateria de 2.0000 mAh.



Mas a maior novidade do equipamento está mesmo nas opções ao nível do sistema operativo, que deixam opção de escolha ao utilizador que pode escolher entre o Boot2Gecko da Mozilla (que na verdade é o Firefox OS, que aqui apresenta um nome diferente por questões de marketing da fundação) e Android. Ambas as opções viram instaladas no dispositivo.


O Geeksphone Revolution vai custar 239€ na loja online da fabricante, mas nos primeiros dias de comercialização estará à venda com um desconto, por 222€. Atenção que os preços indicados não contemplam IVA, que em Espanha é de 21%.


O novo modelo é um equipamento de gama alta, no qual a fabricante espanhola está a apostar tudo. Abdicou mesmo de lançar outro modelo previsto, o Peak+, para concentrar esforços no Revolution. Nas lojas a marca tem já o Peak e o Keon, de que já falámos aqui no TeK.




Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.