Apesar das dificuldades que atravessa, a Huawei acaba de lançar o seu novo smartphone topo de gama, o P50, no mercado chinês. Esta linha tem como principal foco a qualidade das câmaras fotográficas, sobretudo a capacidade de zoom, que sempre impressionou. E por isso, talvez não tenha sido impressionante que o P50 Pro, depois de ser escrutinado pelas ferramentas do benchmark da DXoMark, tenha saído com uma nota muito positiva.

Somando uma pontuação geral de 144 pontos, o novo smartphone da Huawei alcança a liderança das melhores câmaras mobile, batendo por apenas um ponto o anterior líder, o Xiaomi Mi 11 Ultra. Segundo os especialistas, a câmara apresenta uma excelente qualidade de fotografia em qualquer condição, assumindo-se também como líder da categoria Photo, somando 149 pontos, igualmente mais um que o Mi 11 Ultra.

Veja na galeria as fotografias do Huawei P50:

Desconstruindo o módulo fotográfico, o conjunto apresenta uma lente principal de 50 MP, com estabilizador ótico (OIS). É acompanhado por um sensor monocromático de 40 MP, uma ultra grande angular de 13 MP e uma lente de 64 MP com capacidade de zoom ótico de 3.5X, OIS e 100X zoom digital na sua versão Pro. O conjunto conta com um sensor de cor e temperatura multiespectral para otimizar o balanceamento dos brancos e a renderização das cores.

A especialista afirma que a Huawei recuperou o sensor monocromático nos novos modelos, para trabalhar junto com a lente primária, que estava desaparecido desde 2018 no lançamento do P20. É referido que este sensor melhora o detalhe das imagens e reduz o ruído, especialmente em captações em fracas condições de iluminação. Esta tecnologia também ajuda a calcular a profundidade dos objetos para a simulação do efeito bokeh.

No resumo dos pontos positivos, a compensação do ruído destaca a qualidade das imagens em qualquer condição de iluminação. O balanceamento dos brancos também foi elogiado, assim como a qualidade das fotos captadas a longa distância através do sensor telescópico. Mesmo nos vídeos a exposição e alcance dinâmico também foram positivos, e de um modo geral as gravações tanto em interiores como exteriores passaram no teste. E claro, o estabilizador de vídeo também foi elogiado.

Veja alguns exemplos comparativos da câmara fornecidos pela DXoMark:

Mas nem tudo foi positivo neste equipamento, e a lista de “negas” também foi longa. Falhas ocasionais no autofoco em ambientes menos iluminados e a menor qualidade no campo de visão, sugerindo que alguns sujeitos possam ficar fora do foco em retratos com vários elementos. A DXoMark também chamou a atenção de que as imagens da "preview" diferem da que é realmente captada. E em vídeos gravados em fraca iluminação as texturas apresentam algum ruído.

Pode ler o teste completo ao Huawei P50 no website da DXoMark.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.