A Kyocera é uma tecnológica japonesa que tem alguma experiência na área dos smartphones e que já tem alguma tradição de arriscar em equipamentos diferentes - basta lembrar o modelo Echo por exemplo. Mas a proposta da empresa desta vez é diferente e centra-se num problema que afeta a maioria dos smartphones.

No Mobile World Congress, que começa no início de março, a Kyocera vai apresentar um protótipo de smartphone que carrega com energia solar. A tecnologia está integrada no próprio equipamento, pelo que o efeito não é conseguido através de periféricos.

O segredo está no ecrã do telemóvel que vem equipado com uma célula especial desenvolvida pela SunPartner Technologies e que transforma a energia solar em carga elétrica para o equipamento. Ao não colocar, por exemplo, um painel solar na parte traseira do dispositivo, a Kyocera garante que a parte que está mais vezes exposta é aquela que recebe luz.

A tecnologia ainda não está totalmente desenvolvida e por isso são levantadas algumas questões, como o facto de poder afetar a sensibilidade e a qualidade de imagem do ecrã.

As informações até agora reveladas, pelo Slashgear por exemplo, não detalham quanto tempo de exposição à luz será necessária para garantir mais uma hora de utilização. Mais novidades serão reveladas no Mobile World Congress, em Barcelona, que acontece entre os dias 2 e 5 de março.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.