Depois de ter dado a conhecer ao mundo a “mala” cheia de novidades que levaria para o Mobile World Congress em março, a Xiaomi acaba de revelar um “desfile” de novidades que vão chegar ao seu ecossistema.

Em destaque está a chegada da já muito antecipada Mi Band 5 aos mercados fora da China. A nova versão internacional da pulseira de fitness, que tem o nome Mi Smart Band 5, conta com um ecrã AMOLED de 1,1 polegadas e com uma bateria que promete até 14 dias de uso contínuo.

A fabricante apresentou uma nova solução de carregamento magnética, que permite carregar o dispositivo sem tirá-lo da banda. Com 65 novos displays dinâmicos e 6 cores de bandas, a pulseira pode ser personalizada consoante o estilo de quem a usa.

A Mi Smart Band 5 disponibiliza suporte a 11 tipos diferentes de exercício: desde yoga a levantamento de pesos e, para mais segurança, é resistente à água até 10 minutos a 50 metros de profundidade. O equipamento está preparado para acompanhar o ritmo do utilizador, independentemente da atividade desportiva praticada, através da funcionalidade de Personal Activity Intelligence, que regista os batimentos cardíacos e a sua frequência.

Para ajudar os utilizadores a manter um estilo de vida mais saudável, a pulseira tem funcionalidades que monitorizam o sono e os níveis de stress, assim como o ciclo menstrual. A Mi Smart Band 5 vai chegar ao mercado com preços a partir dos 39,90 euros.

Já a pensar nos amantes da música e nos profissionais, a fabricante apresentou os Mi True Wireless Earphones 2 Basic. Os earbuds estão preparados para até 5 horas de uso sem interrupções, com uma autonomia de bateria total de 20 horas, contando com três cargas adicionais através da caixa de transporte.

Xiaomi Ecosystem Product Launch 2020
créditos: Xiaomi

Equipados com tecnologia de cancelamento de ruído, os earbuds permitem filtrar os barulhos de fundo enquanto o utilizador está a falar. Além disso, quanto um dos buds é removido, a música que estava a ser ouvida entra automaticamente em pausa. A fabricante afirma ainda que os Mi True Wireless Earphones 2 Basic são compatíveis com uma variedade de equipamentos e estarão disponíveis por 39,90 euros.

A aposta nas novas formas de mobilidade dentro da cidade também esteve em destaque na apresentação. Assim, vão chegar ao mercado duas novas trotinetes elétricas: a Mi Electric Scooter Pro 2 e a Mi Electric Scooter 1S.

Novas trotinetas elétricas da Xiaomi
créditos: Xiaomi

Com um motor de 300 W, a primeira consegue atingir velocidades até 25 quilómetros por hora e consegue viajar até distâncias de 45 quilómetros num só ciclo de bateria, assim como subir inclinações de 20%. Já a segunda, com um motor de 250 W, está preparada para subidas com inclinações de 14% e para viajar até 30 quilómetros numa só carga. Os modelos estão disponíveis por 499 e 399 euros, respetivamente.

Depois de a nova Mi TV 4S de 65 polegadas ter chegado a Portugal neste mês, acompanhada de um comando inteligente, chegou a vez de a Xiaomi anunciar um novo dispositivo para as televisões da marca. Com um tamanho portátil, o Mi TV Stick disponibiliza suporte ao sistema Android TV, ao Chromcast e à reprodução de conteúdos a 1080p. Integrado no dispositivo está também o Google Assistant. O equipamento vai estar disponível a partir de 39,99 euros.

Chega também o novo Mi Curved Gaming Monitor de 34 polegadas, a mais recente aposta da fabricante no mercado dos monitores direcionados para quem leva o mundo dos videojogos “a sério”, por um preço de 399 euros. Com uma curvatura de 1500R para uma experiência ainda mais imersiva, o monitor conta com uma taxa de atualização de 144 Hz e com tecnologia FreeSync Premium da AMD para a sincronização dos gráficos.

Mas não é tudo: na apresentação ainda houve espaço para revelar a nova linha de três smartphones encabeçada pelo Redmi 9. O smartphone chega ao mercado com um preço de 149 euros, na configuração de 3 GB de RAM e 32 GB de armazenamento, ou por 169 euros, com 4 GB de memória e 64 GB de armazenamento.

Xiaomi Ecosystem Product Launch 2020
créditos: Xiaomi

No seu interior está um processador Helio G80 da MediaTek, assim como uma bateria de 5.020 mAh com suporte a carregamento rápido a 18 W. Por fora, está equipado com um ecrã FHD+ de 6,53 polegadas protegido por Gorilla Grass.

A nível de competências fotográficas, o smartphone tem uma configuração de 4 câmaras traseiras: duas grandes angulares de 13 MP e 8 MP, uma macro de 5 MP e um sensor de profundidade de 2 MP. A acompanhar o Redmi 9 chegam ainda os “irmãos” Redmi 9C, com preços a partir dos 119 euros, e o Redmi 9A, por 99 euros.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.