Os mexicanos vão deixar muitos consumidores cheios de inveja: isto porque o novo Moto G by Ferrari só vai estar disponível numa fase inicial no país da América do Sul. Com um preço de 5.000 pesos mexicanos, o equivalente a 280 euros, o Moto G deixa de ser considerado um smartphone low cost, mas apresenta alguns argumentos que justificam o aumento do preço.

O smartphone terá a parte traseira construída em kevlar – um material de grande resistência que é usado em proteções anti-bala – onde albergará também o cavalo preto da Ferrari. A nível de especificações sabe-se que o telemóvel poderá vir a ter suporte para redes 4G, além de um ecrã de 4,5 polegadas com resolução HD, processador de quatro núcleos a 1,2Ghz, 16GB de armazenamento e 1GB de RAM, e câmara fotográfica para cinco megapíxeis.

O Moto G criado em parceria com a Ferrari vai trazer também conteúdos exclusivos do fabricante italiano - julga-se que wallpapers e talvez aplicações -, além de garantir acesso a uma gama de acessórios da marca italiana, como revela a imprensa internacional.

O anúncio do novo Moto G acontece logo após o anúncio de um smartphone Android ainda mais barato, o Moto E, que volta a exercer pressão na concorrência na relação qualidade-preço.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.