A opção de escolha pelos chamados phablets tem vindo a acentuar-se nos últimos anos, num crescimento notório este Natal, segundo informação divulgada pela Flurry.

De acordo com os dados reunidos, os phablets representaram 27% dos dispositivos móveis ativados na semana de 19 a 25 de dezembro e que descarregaram aplicações, valor que mais do que duplica os 13% registados um ano antes. Em 2013 a representatividade era de apenas 4%.

Entre os terminais com sistema operativo Android os valores são mais significativos, com os smartphones tamanho XL (com ecrã de 5 ou mais polegadas) a somarem mais de metade dos terminais que ficaram ativos na semana do Natal.  

Os smartphones de tamanho “tradicional” continuam líderes de mercado, mas estão a perder força, arrecadando uma quota de 54%, menos nove pontos percentuais do que o registado em 2014 (63%).

Entre as fabricantes, a Apple reinou, com 49,1% dos novos dispositivos – ligeiramente abaixo dos 51,3% conseguidos em 2014. A Samsung surge em segundo, com 19,8%, num crescimento de 2,1 pontos percentuais comparativamente ao mesmo período do ano passado.

A Nokia ocupa a terceira posição, a LG a quarta, seguida da chinesa Xiaomi, que passa a constar do Top 5 pela primeira vez.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.