O alargamento da Oppo no mercado internacional tem sido gradual, e depois de no ano passado a marca ter entrado em 10 países europeus, incluindo Espanha, no início de 2020 foram mais 10 adicionados à lista, incluindo Portugal, onde o trabalho local começou em abril.  Javier Palacios, diretor de marketing para o mercado ibérico, explica que o desenvolvimento do canal e da presença local é uma aposta forte da marca em todos os países, e que desde o segundo trimestre deste ano a Oppo já está a trabalhar com todos os operadores e as principais lojas de eletrónica, como a Worten e o El Corte Inglês, entre outras.

Apesar do lançamento “soft” durante a pior fase da pandemia, a marca está também a reforçar a equipa e até ao final do ano deve chegar às 3 dezenas de colaboradores, entre as áreas de formação e apoio em loja, apostando sempre na experiência. “É importante termos pessoas que conhecem o mercado local”, explicou ao SAPO TEK Javier Palacios.

Para já a marca tem ainda um número limitado de modelos em Portugal, com a Série A e a gama Find, onde o foco é a qualidade de vídeo, velocidade com o sistema operativo ColorOS e a duração da bateria. “A Oppo é uma marca jovem que oferece uma tecnologia mais avançada e acreditamos estar mais preparados para o 5G”, defendeu o diretor de marketing, em conversa com o SAPO TEK.

Nos próximos meses a Oppo vai também reforçar a sua oferta na área dos wearables, com os relógios inteligentes Oppo W46 e W41, modelos quadrados semelhantes ao Apple Watch e disponíveis em duas dimensões, e com os auriculares Oppo Enco W11 e Enco Free.

Apesar de ainda estar há pouco tempo no mercado português, Javier Palacios acredita que a Oppo pode chegar nos próximos meses aos 5% de quota de mercado nos smartphones, sendo o objetivo estar nos 10% em 2021. “Adicionamos um “plus” no desenho, tecnologia e qualidade dos produtos e os clientes reconhecem isso”, afirma, lembrando também que o mercado está a criar uma oportunidade com os problemas que alguns concorrentes enfrentam.

Questionado pelo SAPO TEK sobre a assistência da marca, Javier Palacios defende que esta é uma área importante, e que não poderia entrar no mercado e nas operadoras se não o tivesse assegurado, mas que a melhor assistência técnica é não ter de a usar.

Em setembro “começa a época dourada” para a marca em Portugal e a Oppo vai avançar com uma campanha forte de comunicação para conseguir mais reconhecimento da marca. E para 1 de outubro já estão prometidas mais novidades de produtos que vão alargar a gama de smartphones da marca.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.