No evento "Made by Google", a empresa deu a conhecer os seus novos Pixel Buds, os quais prometem ser como um “computador nos ouvidos”. A empresa promete um som nítido, alimentando por machine learning para se adaptar ao barulho em redor. Mesmo quando o telefone não está na mão, é possível utilizar o assistente para interagir com o mesmo, seja para ouvir podcasts ou obter direções. Dessa forma, pode deixar o smartphone no cacifo quando está no ginásio, ou quando está a regar o jardim e o mesmo está a recarregar no interior. A Google afirma que não perderá a conexão até uma distância de um campo de futebol, de baliza a baliza.

Os Pixel Buds têm uma pequena “spatial vent” para ajudar a ajustar o som, em locais com barulho, e até os microfones têm acelerómetros para projetar a voz e dessa forma manter a conversão. Os novos headphones sem fios da Google chegam na primavera de 2020 a 179 dólares.

A privacidade é uma questão que a Google está a trabalhar e já vai ser possível pedir ao assistente, com um simples comando de voz que apague o histórico de utilização.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.