A DJI revelou esta semana a nova Osmo Pocket, uma câmara de bolso, que está ligada a um estabilizador, e que é capaz de capturar fotografias até 12 megapíxeis e vídeo em 4K até 60 frames por segundo. A empresa chinesa revelou o equipamento num evento em Nova Iorque e acredita que ele tem potencial para revolucionar a forma como as pessoas registam imagens. De acordo com o presidente da tecnológica, Roger Luo, a "Osmo Pocket é uma equipa de filmagem portátil e pessoal".

A máquina integra um gimbal de três eixos, que lhe confere estabilidade adicional para filmagens mais movimentadas, dois microfones e uma bateria com autonomia para até duas horas de filmagens em 4K. Adicionalmente, conta-se ainda um display sensível ao toque de uma polegada, e uma série de modos de captura que vão facilitar as gravações. O modo ActiveTrack, por exemplo, é ideal para seguir objetos em movimento; o FaceTrack serve para focar nos rostos. O Timelapse, o Motionlapse e o panorama são outras três opções disponíveis.

A câmara pode ser emparelhada com uma app, chamada DJI Mimo, que oferece uma outra série de funcionalidades, tal como um modo Pro, que disponibiliza várias opções de ajuste no aparelho. Quando a câmara é ligada ao telefone através de um cabo, a aplicação pode até funcionar como monitor, onde é possível visualizar o que está a ser gravado pelo gadget.

A imprensa internacional acredita que esta câmara é uma concorrente da GoPro Hero 7, uma vez que as funcionalidades aproximam ambos os modelos. O preço também é semelhante, uma vez que a nova Osmo Pocket vai custar cerca de 349 dólares. A câmara já está disponível para pré-reserva e vai começar a sair do armazém no próximo dia 15 de dezembro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.