A Samsung vai dar seguimento à linha Galaxy Active com um segundo smartwatch. Este segundo modelo deverá ser apresentado ainda em 2019 e, de acordo com a Wareable, o relógio terá uma funcionalidade que o Apple Watch já tem desde a última edição: uma pequena máquina de eletrocardiogramas (ECG).

O site escreve que o sensor só deverá estar operacional em 2020. Quando chegar ao mercado, contudo, o smartwatch terá funcionalidades mais básicas para medir o batimento dos utilizadores.

Apple Watch diagnosticou mais de 2 mil casos de anormalidade cardíaca em estudo médico
Apple Watch diagnosticou mais de 2 mil casos de anormalidade cardíaca em estudo médico
Ver artigo

Esta não é a primeira vez que um gadget da tecnológica sul-coreana tem tecnologia capaz de medir o pulso dos utilizadores. Na verdade, já há vários anos que a empresa integra um sensor de monitorização cardíaca nos seus smartphones topo de gama e smartwatches, mas, até à data, nenhum apresentava o mesmo nível de precisão de um ECG. Estes são capazes de medir sinais elétricos, o que também potencia a deteção de problemas de saúde.

Note que o suporte para o ECG pode chegar atrasado dada a aprovação necessária que a Samsung necessita para o operar. Na verdade, foi exatamente isso que condicionou o lançamento da funcionalidade no Apple Watch.

Os leaks indicam que o relógio vai ser disponibilizado em três variantes: uma com suporte para LTE, outra só com Bluetooth e uma terceira, desenvolvida em parceria com a Under Armour, para desportistas. O portal SamMobile escreve que todas as três serão lançadas em dois tamanhos, 40mm e 44mm.

É esperado que o Samsung Galaxy Active 2 seja apresentado em conjunto com o Note 10, em Nova Iorque, já em agosto. O evento está marcado para dia 7 de agosto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.